Nova espécie de aranha cega é descoberta por pesquisadores do Butantan

1 min de leitura
Imagem de: Nova espécie de aranha cega é descoberta por pesquisadores do Butantan
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Quatro espécies novas de aranhas foram encontradas em cavernas de Minas Gerais. Elas foram batizadas com os nomes Ochyrocera dorinha, Ochyrocera monica, Ochyrocera magali e Ochyrocera rosinha.

Antonio Domingos Brescovit, pesquisador do Butantan, quis homenagear a personagem Dorinha, da Turma da Mônica, que tem deficiência visual, já que a Ochyrocera dorinha não tem olhos. É que ela vive apenas dentro de cavernas escuras, e por isso é cega.

Nova espécie de aranha cega é descoberta por pesquisadores do Butantan (Fonte: Butantan/reprodução)Nova espécie de aranha cega é descoberta por pesquisadores do Butantan (Fonte: Butantan/reprodução)Fonte:  Butantan 

A personagem, por sua vez, também é uma homenagem. Ela faz referência à ativista e educadora brasileira Dorina Nowill (1919-2010), também com deficiência visual, que lutou durante sua vida para promover o acesso de cegos à educação.

As aranhas foram coletadas à noite nas cavernas mineiras em grandes quantidades. Milhares delas foram levadas para os laboratórios e identificadas posteriormente. Até agora já foram 14 novas espécies descritas somente no gênero Ochyrocera.

Existe urgência no país para registrar espécies novas. As cavernas estão particularmente susceptíveis à ação de mineradoras, e o registro de espécies ajuda na criação de espaços de conservação e santuários para esses animais.