TerraPower: Bill Gates avança com usina nuclear experimental

2 min de leitura
Imagem de: TerraPower: Bill Gates avança com usina nuclear experimental
Imagem: TerraPower/Reprodução
Avatar do autor

A TerraPower escolheu a cidade de Kemmerer, localizada no estado de Wyoming, como local preferencial para a construção de sua primeira usina nuclear. A empresa fundada por Bill Gates tem como objetivo gerar energia limpa e renovável a fim de combater mudanças climáticas e, para isso, prevê a aplicação de uma nova tecnologia de reator nuclear mais eficiente e seguro.

A instalação experimental está prevista para iniciar as operações em 2028, a partir de um financiamento de US$4 bilhões — custo dividido entre a companhia do fundador da Microsoft e o governo dos Estados Unidos. O projeto servirá de demonstração do reator Natrium, desenvolvido em parceria com a empresa de energia nuclear GE-Hitachi, com o objetivo de validar suas características e funcionamento.

Tal fonte utiliza sódio líquido como principal agente de resfriamento, ao invés de água — usada em modelos tradicionais de reatores. A alteração visa diminuir o risco de liberação de material radioativo e explosões, devido ao fato de o sódio ter ponto de ebulição mais alto do que água e, assim, melhor absorção de calor.

Sua energia armazenada, através de tanques de sal fundido, terá a capacidade de gerar 345 megawatts e potencial de chegar até 500 megawatts — produção máxima capaz de abastecer cerca de 400 mil residências, por exemplo.

Bill Gates construirá a usina nuclear TerraPower em Kemmerer, interior de WyomingBill Gates construirá a usina nuclear TerraPower em Kemmerer, interior de WyomingFonte:  TerraPower/Reprodução 

A construção da TerraPower em Kemmerer acontecerá no mesmo local onde existe a usina Naughton — que funciona à base de carvão, mas prevista para encerrar atividades em 2025. O projeto levou em conta infraestruturas que podem ser aproveitadas, bem como características físicas e geológicas, como sismicidade e condições gerais do solo.

Além disso, o projeto conta com o apoio da comunidade em seu entorno, pois prevê a geração de empregos na região. “As pessoas de Wyoming nos deram as boas-vindas em suas comunidades nos últimos meses, e estamos entusiasmados em trabalhar com a PacifiCorp [concessionária de energia elétrica] para construir o primeiro reator Natrium”, disse Chris Levesque, presidente e CEO da TerraPower, em comunicado da companhia.

“Nossa tecnologia inovadora ajudará a garantir a produção contínua de eletricidade confiável, ao mesmo tempo em que faz a transição de nosso sistema de energia e cria novos empregos bem remunerados”, completou. A atual usina hidrelétrica presente na área de 3 mil habitantes é responsável por mais de 400 vagas de trabalho, cenário que pode aumentar para 2 mil durante a fase de construção, segundo estimativas do projeto.