Médicos fazem transplante de rim de porco para uma pessoa pela primeira vez

1 min de leitura
Imagem de: Médicos fazem transplante de rim de porco para uma pessoa pela primeira vez
Imagem: AgriTech/Shutterstock
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

Em um feito inédito, cirurgiões dos Estados Unidos fizeram um transplante de um rim de porco para uma paciente humana com sucesso, sem que o corpo rejeitasse o novo órgão.

A cirurgia aconteceu em Nova York, no centro médico acadêmico NYU Langone Health. O rim usado no procedimento veio de um porco modificado geneticamente para eliminar as moléculas que poderiam levar à rejeição do órgão na paciente humana, segundo informações da agência de notícias Reuters.

O procedimento pode representar o fim da angústia de milhares de pessoas que aguardam transplante de rim nos sistemas de saúde do mundo todo.

NYU Langone HealthPrédio do centro médico NYU Langone Health, onde a cirurgia foi realizada

O transplante experimental foi feito em uma paciente com morte cerebral. Os familiares autorizaram a cirurgia antes que os equipamentos que a mantinham viva fossem desligados. O experimento foi conduzido pelo médico-cirurgião Robert Montgomery.

Ao jornal americano The New York Times, o professor de transplantes Dorry Segev, da Escola de Medicina Johns Hopkins, que não participou da pesquisa, disse que a ciruirgia é um grande avanço. "Mas ainda precisamos saber mais sobre a longevidade do órgão", afirmou.

Atualmente, mais de 50 mil pessoas esperam por um transplante de algum órgão no Brasil, segundo dados do Minitério da Saúde divulgados pela CNN Brasil. A maior parte dos pacientes aguardam por um rim ou uma córnea.

Nos Estados Unidos, a estimativa é de que mais de 90 mil pessoas esperam por um novo rim.