Prêmio Nobel: conheça a origem de uma das principais premiações mundiais

4 min de leitura
Imagem de: Prêmio Nobel: conheça a origem de uma das principais premiações mundiais
Imagem: Nobel Media/Alexander Mahmoud/Reprodução
Avatar do autor

Os prêmios Nobel são amplamente reconhecidos como a premiação de maior prestígio concedida por realizações intelectuais no mundo. Entre os laureados, estão grandes nomes que mudaram o rumo da humanidade, tanto por suas descobertas científicas, quanto pela contribuição para paz mundial e relevância literária.

A cerimônia de entrega do prêmio é realizada anualmente no dia 10 de dezembro, mas os nomes laureados são conhecidos no início de outubro. Originalmente, são concedidas premiações para as categorias de Paz, Literatura, Química, Física e Medicina. A partir de 1969, o Banco da Suécia passou a oferecer uma premiação de Economia em memória de Alfred Nobel. Cada premiado recebe uma medalha de 18 quilates de ouro, um diploma e uma quantia aproximada de US$ 1 milhão.

O Nobel virou referência mundial e outras premiações passaram a ser conhecidas como Nobel, apesar de não terem ligações com o prêmio original. Entre eles, está o prêmio Imperial das Artes (concedido pelo Japão), da Arquitetura (financiado pela família Pritzker) e o prêmio Turing, conhecido como “Nobel da computação”.

Origem do Prêmio Nobel

Prêmio foi criado de acordo com testamento de Alfred Nobel. (Fonte: Flickr/OZinOH/Reprodução)Prêmio foi criado de acordo com testamento de Alfred Nobel. (Fonte: Flickr/OZinOH/Reprodução)Fonte:  Flickr/OZinOH/Reprodução 

Em seu testamento, Alfred Nobel instruiu que a maior parte de sua fortuna fosse destinada a um fundo para a entrega de cinco prêmios anuais “àqueles que, no ano anterior, tenham conferido o maior benefício à humanidade”. As categorias refletem a diversidade de atividades que exerceu em vida: Nobel foi inventor, químico, engenheiro, empresário e escritor. A sua invenção mais conhecida foi a dinamite.

A primeira distribuição dos prêmios ocorreu em 10 de dezembro de 1901, quinto aniversário de morte de Nobel. Quatro instituições diferentes, três suecas e uma norueguesa, são responsáveis por conceder os prêmios.

De Estocolmo, a Real Academia Sueca de Ciências concede os prêmios de Física e Química, o Instituto Karolinska oferece o prêmio de Fisiologia ou Medicina e a Academia Sueca confere o prêmio de Literatura. O Comitê Norueguês do Nobel, com sede em Oslo, é responsável pelo prêmio pela Paz.

A Fundação Nobel é a proprietária legal e administradora funcional dos fundos e atua como órgão administrativo conjunto das instituições premiadoras, mas não se preocupa com as deliberações ou decisões do prêmio, que cabem exclusivamente às quatro organizações.

Como são escolhidos os vencedores do Prêmio Nobel?

Processo de seleção dos premiados dura cerca de um ano. (Fonte: Wikimedia/Prolineserver/Reprodução)Processo de seleção dos premiados dura cerca de um ano. (Fonte: Wikimedia/Prolineserver/Reprodução)Fonte:  Wikimedia/Prolineserver/Reprodução 

O processo de seleção dura aproximadamente 12 meses. Logo após o anúncio dos laureados, as instituições responsáveis pelo prêmio convidam mais de 6 mil indivíduos para propor, ou nomear, candidatos aos prêmios do próximo ano.

Cerca de mil pessoas enviam indicações para cada prêmio, e o número de indicados geralmente varia de 100 a cerca de 250. Entre os responsáveis por indicar os candidatos, estão os ganhadores do Nobel; membros das próprias instituições premiadas; acadêmicos ativos nas áreas de Física, Química, Literatura, e Fisiologia ou Medicina; e funcionários e membros de diversas Universidades e Academias.

Os entrevistados devem fornecer uma proposta por escrito que detalha o valor de seus candidatos. A autoindicação desqualifica automaticamente o nomeado. As propostas de prêmios devem ser submetidas aos Comitês do Nobel antes de 31 de janeiro do ano de premiação.

Em fevereiro, os Comitês começam a analisar as indicações recebidas. Especialistas externos são frequentemente consultados durante o processo para ajudar os comitês a determinar a originalidade e o significado da contribuição de cada nome.

Durante setembro e início de outubro, os Comitês do Nobel concluem seu trabalho e enviam suas recomendações à Real Academia de Ciências da Suécia e a outras instituições responsáveis pela seleção. No máximo três pessoas e dois trabalhos podem ser laureados. A recomendação de um comitê é geralmente seguida, mas não invariavelmente. As deliberações e as votações nestas instituições são secretas em todas as fases.

Os prêmios podem ser dados apenas a indivíduos, exceto o Nobel da Paz, que também pode ser conferido a uma instituição. A pessoa não pode ser nomeada após sua morte, mas um vencedor que morre antes de receber o prêmio pode ser premiado postumamente.

Quem são os maiores ganhadores do prêmio?

A família Curie foi premiada com cinco Nobels. (Fonte: Wikimedia/Reprodução)A família Curie foi premiada com cinco prêmios Nobel. (Fonte: Wikimedia/Reprodução)Fonte:  Wikimedia/Reprodução 

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha é o maior ganhador de prêmios Nobel de todos os tempos. A instituição foi laureada pela sua contribuição para a paz mundial em três anos diferentes. Em 1917 e 1944, a Cruz Vermelha foi reconhecida pelo trabalho durante a Primeira e Segunda Guerras Mundiais. Em 1963, por ocasião do centenário da instituição, outro Nobel foi concedido.

No entanto, a família Curie foi o grupo de pessoas que recebeu o maior número de prêmios, tendo sido laureada por cinco vezes. A cientista Marie Curie foi a primeira mulher a ganhar o Prêmio, ao ser reconhecida junto a seu marido Pierre Curie em 1903, por sua contribuição para a Física com a descoberta do rádio.

Marie Curie também foi a primeira pessoa a ser laureada com o Nobel em duas categorias diferentes, quando recebeu, em 1911, o Nobel de Química pela pesquisa com polônio. A sua filha Irène e seu genro Fredéric receberam a mesma premiação, em 1935, pela descoberta da radioatividade artificial.