Vacina Sputnik V chega ao Nordeste até o final de julho

1 min de leitura
Imagem de: Vacina Sputnik V chega ao Nordeste até o final de julho
Imagem: Agência Brasil/Reprodução
Avatar do autor

O primeiro lote da vacina Sputnik V chegará ao Brasil em uma semana, contendo 1,1 milhão de doses do imunizante contra covid-19, que irão desembarcar em Recife (Pernambuco). O anúncio foi feito nesta terça-feira (20) pelo Consórcio Nordeste.

Autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por meio de um processo de “importação excepcional e temporária”, a vacina russa será distribuída entre os nove estados da região Nordeste. Ela terá uma aplicação controlada, que inclui o acompanhamento das pessoas tratadas.

O estudo para verificar a segurança e a eficácia da fórmula contra o novo coronavírus será conduzido pelo infectologista Júlio Croda. A aplicação do produto ficará limitada a 1% da população de cada estado, mas as autoridades locais poderão escolher os grupos participantes do ensaio clínico.

A aplicação da Sputnik V no Brasil começará de forma controlada.A aplicação da Sputnik V no Brasil começará de forma controlada.Fonte:  Freepik 

Por causa das restrições, a chegada da Sputnik V ao Brasil não deve acelerar a vacinação, pelo menos por enquanto. Mas a disponibilização do produto possibilitará a imunização completa da população pelo menos no município de Sousa (Paraíba), processo semelhante ao ocorrido em Serrana e Botucatu (ambas em São Paulo).

Condições para aplicação

Como se trata de uma autorização especial, o uso da vacina russa precisa seguir algumas normas. Uma delas é informar aos interessados que a fórmula ainda não tem aprovação da Anvisa quanto à qualidade, segurança e eficácia.

O imunizante deve ser aplicado em pessoas com idade entre 18 e 60 anos, desde que não sejam grávidas, lactantes e cidadãos tratados com outra vacina. Mulheres com idade fértil que desejam engravidar nos próximos 12 meses também não podem receber o produto, segundo a agência.

Mais um lote da Sputnik V, com 600 mil doses, chegará ao país em breve, destinado aos estados da região Norte. Vale lembrar que a fórmula ainda não tem aprovação para uso emergencial ou definitivo, mas a União Química, responsável pela produção nacional, fará uma nova solicitação à Anvisa.

Vacina Sputnik V chega ao Nordeste até o final de julho