NASA conclui reparos e o telescópio Hubble volta a ficar online

1 min de leitura
Imagem de: NASA conclui reparos e o telescópio Hubble volta a ficar online
Imagem: Pixabay/Reprodução
Avatar do autor

A NASA concluiu com sucesso a troca para o computador de carga útil de backup do telescópio espacial Hubble, conforme atualização divulgada nesta sexta-feira (16). A mudança se tornou necessária após a descoberta do motivo da falha que deixou o equipamento inoperante durante mais de um mês.

O procedimento incluiu o acionamento da Unidade de Controle de Energia (PCU) reserva, responsável pelo fornecimento constante de energia para componentes do computador. Também foi feita a troca para a Unidade de Comando/Formatador de Dados Científicos de backup, que faz o envio e a formatação de dados.

Durante o trabalho, a agência espacial americana também realizou a mudança para as interfaces alternativas de outras peças do hardware do Hubble, corrigindo as falhas que o impediam de funcionar corretamente. Todas estas substituições foram feitas remotamente, por meio de comandos enviados pela equipe de controle da missão em solo.

O Hubble está em órbita desde 1990.O Hubble está em órbita desde 1990.Fonte:  NASA/Divulgação 

Finalizadas essas etapas, o computador de carga útil de backup da espaçonave foi ligado e já recebeu a atualização com os arquivos do software de voo. Segundo a NASA, o equipamento não está mais em modo de segurança, acionado no dia 13 de junho, quando detectou-se o problema pela primeira vez.

Retomando as operações científicas

Colocado em modo de operação normal após a conclusão da substituição do hardware, o Hubble ainda não está totalmente pronto para voltar a trabalhar. A equipe de controle vai monitorar o funcionamento do computador reserva para garantir que não há mais nenhum problema.

O processo de recuperação dos instrumentos científicos do telescópio espacial, que estavam preservados em modo de segurança, também foi reiniciado. Eles ainda vão passar por algumas calibrações iniciais antes de retomar as operações científicas regulares.

É necessário ainda executar outros procedimentos técnicos que garantam a estabilidade da temperatura dos instrumentos, atividade que deve levar mais de um dia, conforme a NASA.

Fontes

NASA conclui reparos e o telescópio Hubble volta a ficar online