Maior museu de astronomia do mundo é inaugurado na China

1 min de leitura
Imagem de: Maior museu de astronomia do mundo é inaugurado na China
Imagem: Ennead Architects/Divulgação
Avatar do autor

Nesta sexta-feira (16), foi inaugurado o maior museu de astronomia do mundo em Xangai, na China. O edifício, uma filial do Museu de Ciência e Tecnologia de Xangai, chama a atenção pela sua forma curvilínea, projetada para refletir a geometria do cosmos, criando uma experiência imersiva para os visitantes.

Construído pela Ennead Architects, que ganhou um concurso internacional em 2014 para elaborar o projeto, o Museu de Astronomia de Xangai cobre uma área de aproximadamente 40 mil metros quadrados. Ele abrigará um planetário, um observatório e um telescópio solar com cera de 23 metros de altura, além espaços para exposições.

Espaço denominado "Oculus".Espaço denominado "Oculus".Fonte:  Ennead Architects/Divulgação 

Sem linhas retas ou ângulos retos, o prédio criado pelo designer Thomas J. Wong foi concebido para mostrar que tudo no universo está em constante movimento e é regido por diversas forças. Ele também se inspirou no "problema dos três corpos" da física para criar os principais ambientes.

Cúpula invertida do museu.Cúpula invertida do museu.Fonte:  Ennead Architects/Divulgação 

O enigma cósmico levou a três espaços em forma de arco. O primeiro, intitulado Oculus, é uma referência ao Sol, atuando como um relógio, enquanto o segundo, Esfera, se refere à Lua, abrigando o teatro do planetário. Já o terceiro é uma cúpula invertida, que dá aos visitantes uma bela visão das estrelas no céu noturno.

Atrações na inauguração

No domingo (18), o maior museu de astronomia do mundo será aberto ao público, que poderá conhecer os espaços, visitar exposições e conferir de perto uma série de atrações. Entre os destaques, há coleções com cerca de 70 meteoritos originários da Lua e de Marte.

Visitantes poderão conferir várias atrações na inauguração.Visitantes poderão conferir várias atrações na inauguração.Fonte:  Ennead Architects/Divulgação 

Artefatos e obras originais de Galileo Galilei, Isaac Newton e Johannes Kepler também estarão em exibição no museu. Outro detalhe é a utilização de tecnologias como realidade aumentada, realidade virtual e telas com resolução 8K, proporcionando uma maior interatividade para os apaixonados por astronomia.

Maior museu de astronomia do mundo é inaugurado na China