Olimpíadas de Tóquio acontecerá sem público devivo ao coronavírus

1 min de leitura
Imagem de: Olimpíadas de Tóquio acontecerá sem público devivo ao coronavírus
Imagem: Issei Kato/Reuters
Avatar do autor

Nesta quinta-feira (8), os organizadores das Olimpíadas de Tóquio confirmaram que os eventos esportivos vão acontecer sem público. A capital do Japão decretou estado de emergência devido ao aumento de casos de Covid-19, apenas 15 dias antes do início dos jogos.

Segundo as informações, essa é uma medida essencial para conter o avanço da variante Delta no país. A decisão foi tomada após conversas entre o governo local, organizadores da cidade-sede e representantes dos comitês olímpicos e paraolímpicos.

Olimpíadas poderia gerar uma receita de mais de US$ 800 milhões.Olimpíadas poderia gerar uma receita de mais de US$ 800 milhões.Fonte:  Kim Kyung-Hoon/Reuters 

“É lamentável que estejamos apresentando os Jogos Olímpicos em um formato muito limitado, enfrentando a propagação de infecções por coronavírus”, declarou Seiko Hashimoto, chefe do comitê organizador das Olimpíadas de Tóquio.

O representante pediu desculpas ao público que comprou ingressos e aos profissionais que iriam se beneficiar com os jogos internacionais. Os organizadores estavam projetando uma receita de cerca de US$ 800 milhões – R$ 4,1 bilhão na conversão direta.

Além de Tóquio, outras cidades japonesas receberão os eventos olímpicos. Chiba, Saitama e Kanagawa terão as competições sem espectadores, enquanto Miyagi, Fukushima, Shizuoka e Ibaraki terão jogos com até 50% do público, ou no máximo 10 mil pessoas.

Casos de covid-19 voltaram a aumentar em Tóquio nas últimas semanas.Casos de covid-19 voltaram a aumentar em Tóquio nas últimas semanas.Fonte:  Issei Kato/Reuters 

Decisão amplamente esperada

Médicos infectologistas orientaram que o formato de evento sem público era a opção menos arriscada para conter o vírus em Tóquio. Além disso, a presença de milhares de atletas e delegações pode criar uma nova onda de infecções.

Nesta quarta-feira (7), a capital japonesa registrou 920 casos de coronavírus – o maior número desde maio. Então, consultores médicos do governo disseram que o contágio está em fase de expansão e que os cidadãos precisam entender a gravidade disso.

Dessa maneira, o estado de emergência em Tóquio será válido de 12 de julho a 22 de agosto. Dentro desse período, os eventos olímpicos acontecerão entre 23 de julho e 8 de agosto.