Um estudo realizado por um time de biologistas, físicos e engenheiros da Universidade Brown pode ajudar a desenvolver aviões de combate 35% mais eficientes. Ao estudar a maneira como as asas de morcegos se comportam durante o voo, os cientistas descobriram mais detalhes sobre as técnicas usadas pelos animais para ganhar os ares.

Tradicionalmente, os estudos focados em animais se concentram no formato das asas e como isso contribui para tirá-los do chão. Porém, o estudo realizado pela Brown procurou entender como a flexibilidade das dobradiças das asas dos morcegos contribui para elevar o corpo dessa espécie de mamífero.

O resultado da pesquisa sugere que uma técnica especial usada pelos animais faz com que eles consigam compensar o grande peso de seus membros. O trabalho vai servir como base para o desenvolvimento de novas aeronaves militares. Segundo Sharon Swartz, professor de ecologia e biologia evolucionária da instituição, “se você tem um veículo com asas pesadas, seria energeticamente benéfico fazer com que ele as dobrasse durante a decolagem”.

Cupons de desconto TecMundo: