Planetário de São Paulo é recriado no Minecraft

1 min de leitura
Imagem de: Planetário de São Paulo é recriado no Minecraft
Imagem: Eduardo Cidade/YouTube
Avatar do autor

Uma iniciativa da prefeitura de São Paulo e da ONG Green Nation "reabriu" o Planetário Municipal do Carmo – Professor Acácio Riberi, desativado desde o início da pandemia, levando a estrutura ao universo virtual do Minecraft. A ação permite explorar o ambiente a partir de qualquer computador e bater papo com profissionais dentro do jogo da Microsoft.

Dentre as atividades ao alcance do público estão visitas a exposições, "viagens" espaciais e desafios no formato de perguntas e respostas sobre astronomia. Henriette Righi, responsável pelo projeto, explica que lives entregam conteúdo, mas não trazem as pessoas para perto, e a novidade supre essa lacuna, garantindo interações mais aprofundadas.

"Estamos nos reinventando para nos adaptar ao momento atual, muito animados com os resultados e por sermos o primeiro planetário do país a realizar isso", salienta Mirian Castejon Molina, diretora da entidade, em entrevista ao G1. As visitas acontecem aos domingos e são restritas a 20 participantes por sessão.

Passo a passo

Devido à necessidade de estarem completamente fechados para que as projeções funcionem adequadamente, planetários não se beneficiam de flexibilizações de medidas restritivas relacionadas à contenção da covid-19, até porque seus sistemas de ar-condicionado não expulsam o ar dos espaços.

Para conferir a edição virtual do Planetário Municipal do Carmo – Professor Acácio Riberi, é preciso ter o Minecraft instalado e uma conta no game. Depois, basta inserir o endereço br-plus-3.enxadahost.com:10334 no servidor. As discussões ocorrem por meio do aplicativo Discord (bastando clicar aqui).

Fontes

Planetário de São Paulo é recriado no Minecraft