Anel de poeira na órbita de Vênus é registrado pela primeira vez

1 min de leitura
Imagem de: Anel de poeira na órbita de Vênus é registrado pela primeira vez
Imagem: NASA/Reprodução
Avatar do autor

A sonda espacial Parker, da NASA, revelou um anel de poeira cósmica ao redor de Vênus, registrando o padrão circular em quase sua totalidade pela primeira vez. A observação ocorreu após instrumentos a bordo da nave fornecerem imagens nos quais os remanescentes de asteroides e cometas projetavam a luz solar em suas órbitas, devido a forças gravitacionais.

No caso, o equipamento responsável pela descoberta foi o Wide-field Imager for Solar Probe (WISPR), composto por dois painéis heliosféricos de luz visível, com a função de obter imagens interplanetárias para o estudo de vento solar. A equipe responsável pela missão conduziu um processamento especial das fotografias recebidas, e visualizou uma luz branca brilhante refletida no percurso exato do planeta.

A sonda espacial Parker capturou imagens da presença de um anel de poeira na órbita de VênusA sonda espacial Parker capturou imagens da presença de um anel de poeira na órbita de VênusFonte:  Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory/Reprodução 

Segundo cientistas planetários, os dados podem ajudar na compreensão desse tipo de anel, bem como da formação e dinâmica do Sistema Solar. Apesar de a fonte do fenômeno ainda não ser conhecida, as informações podem trazer mais pistas sobre o transporte de materiais e interações de partículas no espaço.

“Uma ideia é a de que os anéis de poeira se formaram naturalmente a partir de uma nuvem primordial. Porém, vários pesquisadores afirmam que a gravidade de cada planeta gradualmente prendeu as partículas, talvez até asteroides ou partículas de cometas em sua órbita”, explicou o astrofísico Russell Howard, do Laboratório de Pesquisa Naval (NRL) dos EUA.

“Estamos aprendendo coisas sobre a dinâmica, as trocas, de partículas de poeira em toda a heliosfera que antes da sonda solar Parker não sabíamos”, adicionou Guillermo Stenborg, astrônomo do NRL.

Anel de poeira na órbita de Vênus é registrado pela primeira vez