Pentágono confirma autenticidade de vídeo com OVNIs

1 min de leitura
Imagem de: Pentágono confirma autenticidade de vídeo com OVNIs
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

Na última sexta-feira (9), Sue Gough, representante do Pentágono, confirmou ao Futurism que imagens capturadas pelo documentarista Jeremy Corbell, nas quais objetos voadores não identificados (OVNIs) sobrevoam um navio de guerra da Marinha dos Estados Unidos, são autênticas.

Em entrevista ao Mystery Wire, Corbell explica o que o motivou a divulgar o material de julho de 2019: "São pirâmides voadoras! [Oficiais do] USS Russell destacaram [...] que isso não é algo que possuímos ou um projeto secreto, assim como não são equipamentos militares estrangeiros. Eles estavam se comportando de maneiras que não esperávamos, não eram aerodinâmicos."

Ainda segundo o profissional, a hipótese de que se tratava de drones foi descartada após a análise dos documentos pelo grupo responsável pela investigação de fenômenos do tipo, o Unidentified Aerial Phenomena Task Force (UAPTF). Confira abaixo.



O que são? Onde vivem? O que comem?

De acordo com Gough, análises relacionadas ao evento ainda estão em andamento na UAPTF. Ela também salienta que, para manter a segurança das operações e evitar a divulgação de informações que podem ser úteis a adversários potenciais, a instituição não discute publicamente detalhes de observações ou incursões relatadas em campos de treinamento ou espaços aéreos que os envolvam.

Entretanto, há quem aponte ser apenas uma ilusão de óptica gerada pelas lentes do dispositivo que gravou tudo, mais especificamente o efeito bokeh, criando distorções de aeronaves comuns.

Por fim, Jeremy conta que outras situações tornaram tudo ainda mais estranho: "Nos dias 14 e 15 de julho, houve alguns avistamentos de drones. E, por falar nisso, nos outros navios, aconteceram coisas diferentes. Alguns [dos objetos] eram como luzes que circulavam em 'oito' e em padrões e giros de 90 graus. Outros apresentavam luzes de cores diferentes, como vermelho."

"Onde pousaram? De onde vieram? Como percorreram a distância? Como conseguiram a fonte de energia para as luzes? Como poderiam escapar da detecção?", questionou o documentarista em um podcast publicado pelo Mystery Wire – perguntas para as quais, por enquanto, não há respostas oficiais.

Pentágono confirma autenticidade de vídeo com OVNIs