O aparelho eliminaria os micro-organismos em poucos minutos (Fonte da imagem: Reprodução/KickStarter)

É de conhecimento básico que a água é essencial ao ser humano. No entanto, hoje, bilhões de pessoas não conseguem acesso a esse líquido de forma potável, além de muitos adquirirem doenças através da água contaminada. 

Pensando nisso, dois cientistas alemães, Friso Krahmer e Lars Gerd Piwkowski, desenvolveram o protótipo Hyquator: um gadget pequeno que promete, em uma única carga de bateria, filtrar até cem copos de água. Com isso, ele inativaria os micro-organismos, além de impedir que eles reapareçam. 

Tamanha eficiência também surpreende quanto à energia necessária para recarregar a bateria do Hyquator: apenas células solares — sem utilizar filtros, luz ultravioleta ou componentes químicos. Segundo os criadores, este gadget também funcionaria em águas com sujeira concentrada, como as encontradas em rios barrentos.

Eficiente e acessível

Para torná-lo ainda mais prático, um sensor acoplado ao protótipo informa através de uma luz vermelha quando a água ainda não está preparada para o consumo, e com uma luz verde quando ela poderá ser ingerida.

Para os desenvolvedores dessa tecnologia, o principal objetivo seria, em poucos minutos, ajudar várias pessoas a ter contato com água potável, mesmo em condições difíceis, como em inundações. Para isso, eles pretendem vender este produto por um preço bastante acessível.

Cupons de desconto TecMundo: