Monólito com coordenadas geográficas surge na Austrália

2 min de leitura
Imagem de: Monólito com coordenadas geográficas surge na Austrália
Imagem: 7News/Reprodução
Avatar do autor

A saga dos monólitos misteriosos continua mundo afora, desde que uma estrutura de metal surgiu no deserto de Utah, nos Estados Unidos, em novembro. O caso mais recente aconteceu na Austrália, onde um objeto prateado com coordenadas geográficas foi visto nas proximidades de Adelaide, na última quinta-feira (10).

De acordo com o Yahoo!, o monólito australiano tem 3 metros de altura e características que lembram outras estruturas surgidas misteriosamente nos últimos dias. A diferença está nas informações talhadas sobre o metal.

Ele teria sido encontrado por um morador da cidade de Onkaparinga, ao sul de Adelaide, perto de uma ponte. A partir daí, as autoridades locais começaram a investigar quem seria responsável pela enigmática coluna de três lados.

A estrutura misteriosa mais recente trouxe uma novidade.A estrutura misteriosa mais recente trouxe uma novidade.Fonte:  News.com/Reprodução 

Comediantes, artistas, youtubers, ação de marketing ou alienígenas? Por enquanto, não há informação a respeito dos autores da obra, mas as autoridades prometem novidades em breve.

Para onde as coordenadas levam?

A princípio, não se sabia o significado dos números presentes no objeto. Mas ao analisar as informações, as autoridades descobriram se tratar de coordenadas geográficas. Em cada uma, há dados que apontam para locais aparentemente escolhidos de maneira aleatória, pois não possuem nenhuma ligação.

Uma delas leva para a Trump Tower, luxuoso arranha-céu que fica em Nova York (EUA). Inaugurado na década de 1980, o prédio com mais de 200 metros de altura pertence ao presidente americano Donald Trump.

A Esfinge de Gizé é um dos locais apontados pelas coordenadas.A Esfinge de Gizé é um dos locais apontados pelas coordenadas.Fonte:  Pixabay 

Já a segunda aponta para a desabitada Ilha de Mañagaha, nas Ilhas Marianas do Norte, no Oceano Pacífico. Por sua vez, o terceiro conjunto de dados revela a Grande Esfinge de Gizé, no Egito.

Monólitos que surgiram e desapareceram em 2020

O monólito de Utah desencadeou uma série de aparecimentos em vários países, alguns deles desaparecendo poucos dias depois, da mesma maneira misteriosa que foram erguidos.

Quando não se sabia nada a respeito deles, muitas teorias surgiram, inclusive relacionando-os com ETs. Mas um grupo chamado The Most Famous Artist reivindicou a autoria, acabando com o mistério, pelo menos em relação à versão do deserto americano.

Monólito de Utah.Monólito de Utah.Fonte:  KSL TV/Reprodução 

Você sabe onde objetos semelhantes apareceram? Reunimos, a seguir, os locais dos principais avistamentos recentes:

  • Utah: descoberto em uma região de difícil acesso, ele viralizou e acabou removido dias depois.
  • Califórnia: entre os dias 2 e 7 de dezembro, estruturas apareceram em diferentes regiões californianas. Uma delas foi construída por homens que gravaram o trabalho e postaram no YouTube, mas as demais não tiveram a autoria revelada.
  • Carolina do Norte: com altura de quase 1 metro, ele apareceu em Fayetteville, no último dia 5.
  • Pittsburgh: no dia 6, a escultura de metal surgiu ao lado de uma loja de doces, que assumiu a criação.
  • Texas: virou notícia no dia 8, ao surgir e desaparecer misteriosamente em El Paso.
  • Romênia: de formato triangular, apareceu logo após o objeto de Utah, em 28 de novembro, mas três dias depois já havia sumido.
  • Reino Unido: entre os dias 7 e 9 deste mês, as regiões de Compton Beach e Glastonbury ganharam suas versões.
  • Finlândia: a estrutura parecida com a de Utah foi vista em Savonlinna, no último dia 10.
  • Polônia: um monólito triangular chamou a atenção no rio Vístula, em Varsóvia, no dia 11.
  • Ucrânia: o aterro sanitário da cidade de Poltava recebeu a escultura no dia 10, que parece ter sido criada pelo coletivo The Most Famous Artist.