Cartas manuscritas de 103 anos são encontradas em 'cápsula do tempo'

1 min de leitura
Imagem de: Cartas manuscritas de 103 anos são encontradas em 'cápsula do tempo'
Imagem: CBS News
Avatar do autor


Nesta quinta-feira (3), o jornal britânico Daily News publicou uma notícia curiosa: uma equipe de restauração, que trabalhava em um edifício comercial antigo nos Estados Unidos, encontrou uma velha garrafa de leite que havia sido enterrada sob o piso de concreto com várias mensagens escritas à mão e diversas moedas da época.

Os funcionários da construtora trabalhavam na restauração do Roslyn Grist Mill, em Nova Iorque, um dos raros edifícios comerciais em estilo colonial holandês existentes em território americano. Na garrafa descoberta, havia duas cartas, uma escrita em inglês e a outra em italiano, além das moedas hoje raras.

Restauração atual do Roslyn Grist Mill (Fonte: CBS News/Reprodução)Restauração atual do Roslyn Grist Mill (Fonte: CBS News/Reprodução)Fonte:  CBS News 

A Roslyn Landmark Society, que preserva a memória de edifícios históricos e arquitetonicamente importantes,  confirmou ao periódico que a garrafa data do ano de 1917, época em que ocorreu um projeto de restauração do edifício, como uma espécie de "cápsula do tempo".

O que diziam as mensagens da cápsula do tempo

A carta em inglês foi escrita por Stephen Speeding, que era dono de uma carpintaria, mas a nota em italiano, atribuída ao construtor Romolo Capparelli, conta a história da reforma do prédio na época.

Traduzida pelo professor de italiano Andrea Fedi, a carta diz: “Atenção, este é um presente que estou lhes dando. Romolo Capparrelli inventou o telhado e as paredes de concreto em forma de tábuas instaladas em 1916 e 1917. Portanto, lembre-se de nós, o primeiro pedreiro Romolo Capparrelli".

Roslyn Grist Mill original (Fonte: CBS News/Reprodução)Roslyn Grist Mill original (Fonte: CBS News/Reprodução)Fonte:  CBS News 

Uma neta de Romolo, Pam Story, afirmou ao Daily Star que seu avô nasceu em Pico, na Itália, e depois mudou-se para Roslyn. Ela relatou que o construtor aplicou um estilo inédito de argamassa no exterior do prédio, onde colocou suas iniciais, e usou concreto no piso e no telhado.

Uma representante da Roslyn Landmark Society, Jennifer Lister, disse que "devemos colocar nossa própria pequena mensagem em uma garrafa quando conseguirmos restaurar esta estrutura novamente".

Cartas manuscritas de 103 anos são encontradas em 'cápsula do tempo'