NASA anuncia lançamento da missão Crew-1 para 14 de novembro

1 min de leitura
Imagem de: NASA anuncia lançamento da missão Crew-1 para 14 de novembro
Imagem: Flickr/SpaceX
Avatar do autor

A NASA anunciou, nessa segunda-feira (27), a nova data para o lançamento da missão Crew-1, realizada em parceria com a SpaceX, que levará quatro astronautas para a Estação Espacial Internacional. A decolagem foi agendada para o dia 14 de novembro, partindo de Cabo Canaveral, na Flórida (Estados Unidos), às 20h49 (horário de Brasília).

Originalmente prevista para partir em 30 de agosto, a Crew-1 tem enfrentado uma série de atrasos e problemas técnicos e logísticos para decolar. A segunda tentativa, marcada para o final de setembro, também precisou ser adiada, assim como as duas seguintes, programadas para os dias 23 e 31 de outubro.

Esse atraso mais recente tem relação com falhas encontradas no Falcon 9, de acordo com a agência espacial americana. Em uma tentativa de lançamento de missão fora da NASA, o foguete da empresa de Elon Musk apresentou um comportamento “fora do normal” — o problema seria nos geradores de gás do motor do primeiro estágio do impulsionador.

Quatro astronautas estarão a bordo da Crew Dragon na próxima missão em parceria com a NASA.Quatro astronautas estarão a bordo da Crew Dragon na próxima missão em parceria com a NASA.Fonte:  NASA/Divulgação 

Dessa forma, a companhia optou por realizar novos testes de hardware e análises de dados antes de colocá-lo em ação novamente. Segundo o Space.com, a falha em questão pode ter acontecido no lançamento abortado de um satélite GPS, que aconteceria no início deste mês.

Astronautas vão passar seis meses na Estação Espacial

A bordo da cápsula Crew Dragon, que deve chegar ao destino após cerca de 19 horas de voo, estarão os astronautas da NASA Victor Glover, Shannon Walker e Michael Hopkins, além do astronauta da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) Soichi Noguchi.

Os quatro viajantes devem passar um período de seis meses na Estação Espacial, realizando uma série de pesquisas e experimentos científicos. Eles vão se juntar aos três tripulantes que atualmente estão no laboratório em órbita: o comandante Sergey Ryzhikov e os engenheiros de voo Sergey Kud-Sverchkov e Kate Rubins.

NASA anuncia lançamento da missão Crew-1 para 14 de novembro