Dia de Ada Lovelace celebra a primeira programadora da História

1 min de leitura
Imagem de: Dia de Ada Lovelace celebra a primeira programadora da História
Imagem: Intel
Avatar do autor

Nesta terça-feira (13), celebra-se internacionalmente o Dia de Ada Lovelace, considerada a primeira pessoa a criar um algoritmo para computador, ainda no século XIX. Nessa data, comemoram-se os avanços científicos, tecnológicos, de engenharia e matemática feitos por mulheres em todo o mundo.

A celebração em homenagem às mulheres foi criada em 2009 por Suw Charman-Anderson, diretora-executiva do Open Rights Group, a fim de incentivar a participação feminina no meio científico e tecnológico. Em 2020, a data também busca homenagear todas as mulheres que trabalham e se dedicam à igualdade de gênero na indústria, nos meios acadêmico e social.

Quem foi Ada Lovelace?

Augusta Ada Byron King, a Condessa de Byron, foi uma escritora e matemática inglesa nascida em 10 de dezembro de 1815. Seu conhecimento matemático a aproximou do projeto da Máquina Analítica, do colega britânico Charles Babbage; em 1842, por meio da tradução de um artigo do engenheiro militar italiano Luigi Frederico, Lovelace produziu um compilado de notas chamado de Anotações, onde descreveu o que seriam os primeiros algoritmos para computador da história.

Ada levantou importantes questões sobre os possíveis usos da máquina, trouxe uma nova visão da relação entre a humanidade e a tecnologia, bem como propôs que os computadores poderiam efetuar outras atividades além de cálculos — algo ousado na época. A obra Anotações foi publicada em 1953, um século após a morte de sua autora, obtendo reconhecimento internacional da comunidade científica como o primeiro registro de um programa de computador.

Sua importância e evento

O evento ocorre anualmente na segunda semana de outubro, a fim de evitar outros grandes feriados em todo mundo, que poderiam tirar a importância e a atenção da data. Geralmente celebrada em teatros de Londres, a data em 2020 será comemorada virtualmente nas redes sociais, devido à pandemia da covid-19, com direito a palestras, webinars e jogos de interação.

Neste ano, os idealizadores do evento incentivam a participação de todos de uma maneira bem especial: homenageando e destacando as profissionais que são referências diárias para o internauta, a fim de "celebrar as heroínas desconhecidas do cotidiano moderno".

Dia de Ada Lovelace celebra a primeira programadora da História