Meteoro mais brilhante que a Lua cai no Rio Grande do Sul

1 min de leitura
Imagem de: Meteoro mais brilhante que a Lua cai no Rio Grande do Sul
Imagem: Observatório Heller-Jung Norte
Avatar do autor

Um meteoro de grandes proporções e com luminosidade maior que a Lua foi registrado na madrugada desta quinta-feira (1º) no Rio Grande do Sul. O Observatório Espacial Heller & Jung, em Taquara, registrou imagens da queda, ocorrida por volta da 1h09, na região de Caxias do Sul, na serra gaúcha.

O proprietário do observatório e diretor científico da Brazilian Meteor Observation Network (Bramon) na região Sul, professor Carlos Fernando Jung, explicou à CNN que a partícula é um superbólido, extremamente luminoso, com um brilho mais intenso do que a Lua cheia.

Moradores da região relataram que “a noite virou dia” por alguns instantes. Alguns postes de iluminação chegaram a desligar, conforme os relatos. Jung afirmou que o meteoro entrou na atmosfera a uma altitude de 100 km, caiu a aproximadamente 114,9 km de Taquara e “foi o maior registrado até hoje no Sul desde 2016”.

Fonte: Observatório Heller-Jung Norte/ReproduçãoFonte: Observatório Heller-Jung Norte/ReproduçãoFonte:  Observatório Heller-Jung Norte 

Ainda segundo o professor Jung, o bólido que caiu na madrugada possuía uma magnitude igual ou superior a -4 e, no final, explodiu. Esse número citado indica a luminosidade, dentro de uma tabela onde números negativos representam um brilho maior.

E concluiu: "Em função da onda de choque que ele produz, há sensação de explosão. Quando ocorre isso, o meteoro possivelmente deixou resquícios, produzindo meteoritos no solo". Dependendo do tamanho do objeto, o impacto pode ser perigoso e causar tremores no chão e prejuízos.

Não há nenhum registro de ocorrências do tipo, segundo o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil da região. Veja abaixo as imagens impressionantes da queda do meteoro, divulgadas pela Bramon Sul.


Meteoro mais brilhante que a Lua cai no Rio Grande do Sul