'Não espere vacinas contra a covid-19 antes de 2021', diz OMS

1 min de leitura
Imagem de: 'Não espere vacinas contra a covid-19 antes de 2021', diz OMS
Avatar do autor

A expectativa para a chegada de uma vacina eficaz contra o novo coronavírus não para de crescer, ainda mais depois de resultados otimistas dos testes iniciais. No entanto, Mike Ryan, diretor do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), disse nesta quarta-feira (22) que não devemos esperar ver pessoas sendo vacinadas antes do início de 2021.

Mike reconheceu que "estamos fazendo um bom progresso" com as diversas vacinas que já estão na fase 3 de testes, já que nenhuma delas falhou até agora em termos de segurança ou capacidade de gerar uma resposta imune.

De acordo com ele, a OMS está trabalhando para expandir o acesso a possíveis vacinas e ajudar a aumentar a capacidade de produção. "Temos que ser justos quanto a isso, porque essa é uma questão global. Para acabar com essa pandemia, as vacinas não serão destinadas a ricos ou pobres, mas sim a todos", ressaltou.

Sobre a distribuição mais justa da imunização, é importante destacar que os Estados Unidos decidiram pagar US$ 1,95 bilhão para garantir 100 milhões de doses da vacina que está sendo desenvolvida pelo laboratório Pfizer e pela Biontech. Esse seria todo o potencial de fabricação das empresas até o final de 2020.

'Não espere vacinas contra a covid-19 antes de 2021', diz OMS