SpaceX usa Linux nos computadores da missão Demo-2 com a NASA

1 min de leitura
Imagem de: SpaceX usa Linux nos computadores da missão Demo-2 com a NASA
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

No último sábado (30), a SpaceX fez história ao realizar o primeiro lançamento tripulado em território norte-americano desde 2011, levando dois astronautas da NASA para a Estação Espacial Internacional (ISS). O que muita gente não sabia é que os computadores da missão Demo-2 utilizam Linux.

De acordo com o site ZDNET, o sistema operacional de código aberto está presente nos computadores do foguete Falcon 9, em uma versão simplificada. Ele é executado em três PCs, equipados com processadores X86 de núcleo duplo, nos quais roda o software de voo, escrito em C/C++.

Ainda conforme a publicação, o uso do mesmo software de controle de voo em três computadores distintos é necessário para dar uma maior segurança. Neste sistema de redundância, cada decisão tomada é comparada com os outros dois núcleos. Em caso de algum desacordo, ela é descartada e o processo começa novamente.

Os computadores da cápsula Crew Dragon também usam Linux.Os computadores da cápsula Crew Dragon também usam Linux.Fonte:  Twitter/SpaceX 

Os comandos só são executados quando os três processadores apresentam a mesma resposta. A partir daí, eles são enviados para os motores do Falcon 9 e o sistema de controle direcional do foguete. Este mecanismo, que ajuda a reduzir falhas, também é encontrado nos aviões mais modernos.

Crew Dragon e Estação Espacial

A cápsula Crew Dragon da SpaceX, na qual os astronautas Douglas Hurley e Robert Behnken viajaram até a ISS, também utiliza o sistema operacional do pinguim em seus computadores.

O software da sonda foi escrito em C++, enquanto a interface da tela touchscreen é renderizada utilizando Chromium e JavaScript. Em caso de problema no display, eles têm a opção de usar botões físicos para controlar a espaçonave.

Já na Estação Espacial, o Linux é utilizado nos softwares de comando e controle do laboratório orbital, enquanto o Windows 10 é usado para acessar a internet, ler e-mails e realizar outras atividades nos momentos de folga dos astronautas, que contam com notebooks HP Zbook 15s.

Leia tambémSpaceX: foguete que lançou astronautas ao espaço volta à terra firme

Comentários

Conteúdo disponível somente online
SpaceX usa Linux nos computadores da missão Demo-2 com a NASA