Japão trabalha em protocolo para encontros com OVNIs

1 min de leitura
Imagem de: Japão trabalha em protocolo para encontros com OVNIs
Imagem: Navy Times / Reprodução - https://www.navytimes.com/off-duty/military-culture/2019/04/25/aliens-ahoy-navy-developing-guidelines-on-reporting-ufo-sightings/
Avatar do autor

Você deve ter ficado sabendo que o Departamento de Defesa dos EUA – cuja sede fica no Pentágono – divulgou esses dias uma série de vídeos de encontros entre militares norte-americanos e objetos voadores não identificados, juntamente com a admissão de que o que quer que estivesse voando com os soldados nas ocasiões consistem em fenômenos que seguem sem explicação. Assista a um deles a seguir:

Pois, nesta semana, foi a vez de o Japão compartilhar informações relacionadas com OVNIs, revelando que está trabalhando na criação de um protocolo para o caso de que seus pilotos se deparem com algum desses misteriosos objetos durante missões e exercícios militares.

Invasão iminente?

Na realidade, segundo o Departamento de Defesa do Japão, nenhum desses intrigantes encontros jamais foi registrado em terras nipônicas – ou além – por seus militares, mas não custa nada estar preparado para o caso de que aconteçam. Afinal, com tudo o que já aconteceu neste 2020, só faltava rolar uma invasão alienígena!

O fato é que, hoje, a norma é de que sempre que uma aeronave invadir o espaço aéreo japonês, um grupo de jatos seja enviado para investigar. Durante o reconhecimento, os pilotos devem identificar a procedência do invasor e, se necessário, proceder com ações que forcem o veículo a pousar – podendo inclusive rolar alguns disparos de alerta para o caso de o danado ser teimosinho.

Vai que...Vai que...Fonte:  Aircraft Compare / Reprodução 

Contudo, como situações envolvendo OVNIs não estão contempladas nos procedimentos atuais e poderiam não funcionar nas abordagens, surgiu a ideia de desenvolver o tal protocolo. O propósito principal é o de ajudar os soldados japoneses a saber como lidar com objetos voadores não identificados e reconhecer – a distâncias seguras – possíveis drones militares. Mas, se uma invasão bizarra suceder, a Força Aérea do Japão saberia como agir. Talvez.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Japão trabalha em protocolo para encontros com OVNIs