Motoristas ficariam menos irritados no trânsito com um pouco de CO. (Fonte da imagem: Daily Mail /Jeremy Selwyn)

Das substâncias mais presentes em nosso cotidiano, o monóxido de carbono (CO) é uma das mais perigosas. Incolor e inodoro, ele é capaz de matar um ser humano caso seja inalado em grandes quantidades. Mas um estudo está tentando provar que, em pequenas doses, ele pode até ser útil para a saúde.

O professor Itzhak Schnell da Universidade de Tel Aviv, em Israel, mostrou que o CO pode ajudar a combater o stress de ambientes urbanos tumultuados, como em congestionamentos ou locais de poluição visual. E nem precisaríamos produzi-lo, já que ele está presente em veículos e aquecedores, entre outros equipamentos cotidianos.

Para o estudo, o professor utilizou 36 pessoas saudáveis de 20 a 40 anos. Eles passaram dois dias em Tel Aviv passeando por ruas congestionadas, restaurantes, shoppings e outros estabelecimentos, seja por transporte público ou a pé. Foram monitorados fatores como temperatura e poluição visual, além da quantidade de monóxido de carbono.

Segundo o Daily Mail, a conclusão é de que o CO tem um efeito levemente narcotizante no ser humano, ajudando a superar o stress de ambientes com fatores que causam irritação, como buzinas ou multidões. Isso não tira o perigo do gás em altas doses, mas é uma boa notícia para moradores de grandes cidades.

Cupons de desconto TecMundo: