Iguanas congeladas estão “caindo do céu” na Flórida

1 min de leitura
Imagem de: Iguanas congeladas estão “caindo do céu” na Flórida
Avatar do autor

Essa semana o sul da Flórida enfrentou uma forte frente fria, mas a manhã desta quarta-feira (22) conseguiu superar todas as expectativas.

O frio foi tão intenso que autoridades meteorológicas alertaram sobre o risco de haver uma “chuva de iguanas” congeladas. Apesar de estranho, o aviso foi necessário. Esses répteis, fãs de calor, têm o costume de ficar no topo das árvores. No entanto, em climas mais frios, eles podem “congelar”.

Esse fenômeno acontece porque as iguanas são incapazes de controlar sua temperatura corporal. Paralizadas com o frio, elas perdem o equilíbrio e atingem o chão — ou pior, alguém que esteja passando.

(Fonte: Twitter/Reprodução)

Apesar de ficarem estáticos no chão, esses animais não estão mortos: o funcionamento de seu organismo apenas fica mais lento. Quando o frio passa, eles voltam ao estado normal.

Contudo, de acordo com especialistas, as iguanas conseguem sobreviver apenas dois dias em temperaturas abaixo dos 7ºC. Depois deste período, elas podem ter doenças como pneumonia e morrer.

A boa notícia — tanto para os moradores, quanto para as iguanas — é que, nos próximos dias, a temperatura na Flórida deve ficar mais amena, eliminando qualquer chance de ocorrer uma nova “chuva de iguanas”.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Iguanas congeladas estão “caindo do céu” na Flórida