NASA 'aposenta' Spitzer Space, telescópio em órbita há 16 anos

1 min de leitura
Imagem de: NASA 'aposenta' Spitzer Space, telescópio em órbita há 16 anos
Avatar do autor

O satélite Spitzer Space, da NASA, finalmente será “aposentado” pela organização e poderá descansar na órbita da Terra. Após 16 anos em missão, o telescópio teve o encerramento transmitido pela internet em tom de celebração.

Transmitido em várias plataformas — incluindo YouTube; Facebook Live; Ustream; Twitter; NASA Television e no site da agência espacial — o encerramento comemora os anos de suporte à pesquisa com a presença de especialistas na área. O público também pôde participar ao usar a hashtag “#askNASA” no Twitter ou fazer comentários na página do Facebook ou no YouTube.

Lançado em agosto de 2003, o Spitzer Space estudou imagens e luzes infravermelhas em uma enorme área do espaço. Além disso, foi o primeiro satélite a ser utilizado para estudar atmosferas de exoplanetas — nome dado a planetas que não orbitam o nosso sol.

O Spitzer Space também foi responsável pela descoberta de 5 exoplanetas com o mesmo tamanho da Terra, parte da órbita da estrela THAPPIST-1. Todas as operações foram coordenadas a partir de Washington e os dados coletados estão armazenados no Instituto de Tecnologia da Califórnia, a Caltech.

A desativação do satélite está marcada para o dia 30 de janeiro.

NASA 'aposenta' Spitzer Space, telescópio em órbita há 16 anos