Fotógrafo cria réplica da câmera que Aldrin e Armstrong usaram na Lua

3 min de leitura
Imagem de: Fotógrafo cria réplica da câmera que Aldrin e Armstrong usaram na Lua
Avatar do autor

Você há de concordar que as fotos que os astronautas Buzz Aldrin e Neil Arstrong capturaram durante a sua histórica missão à Lua estão entre as imagens mais icônicas já registradas pela humanidade. Bem, a câmera usada pelos astronautas – uma Hasselblad – teve de ser especialmente projetada em parceria com a NASA para funcionar e sobreviver às duras condições oferecidas pelo ambiente lunar, o que significa que se trata de um equipamento único, que não pode ser encontrado por aí. Mas tem um cara nos EUA que vem construindo réplicas perfeitas e funcionais desses dispositivos.

Perfeitamente iguais

De acordo com Daniel Oberhaus, do site Wired, a réplica foi construída por um fotógrafo de 34 anos chamado Cole Rise – que encarou um desafio e tanto quando decidiu recriar a câmera usada pelos astronautas da missão Apollo 11. Isso porque o equipamento usado se tratava de uma versão bastante modificada de uma Hasselblad 500 EL, que recebeu uma cobertura de alumínio para se tornar mais resistente ao calor e perdeu o espelho e o visor de foco para que ela se tornasse mais leve e pudesse ser manuseada a partir da altura da cabeça dos fotógrafos, e não da cintura, como era o caso do modelo original.

(Fonte: Wired / NASA / Reprodução)

Outra modificação foi que a câmera ganhou motores para que os filmes pusessem ser rebobinados sem o uso de manivelas, assim como um adaptador para permitir o uso de acessórios e facilitar na composição das fotos. Inclusive o checklist do que os astronautas precisavam fazer na Lua ficava preso à câmera. No entanto, o equipamento foi deixado na superfície lunar e jamais regressou à Terra, então, Cole simplesmente não tinha acesso a muitos detalhes sobre o dispositivo.

Trabalho minucioso

Para criar a réplica, ele se baseou em fotos de arquivo da NASA, assim como nas informações disponíveis sobre as especificações da câmera. O fotógrafo também obteve um dos incrivelmente raros protótipos desenvolvidos pela Hasselblad quando a companhia foi procurada pela agência espacial para modificar o equipamento original e, com exceção da lente (que em vez de ser uma 70mm, como a da câmera dos astronautas, era de 100mm), o dispositivo era praticamente idêntico.

Então, Cole obteve as peças de que precisava a partir de câmeras antigas e super-raras, desenvolveu as que ele não conseguiu encontrar em seu estúdio ele mesmo e fez diversas modificações no motor interno para poder adicionar funções e criar o mesmo filtro polarizador que ele acredita que apenas a máquina usada na Lua possuía. Para se ter ideia, o cara inclusive incluiu os números de série exatos em sua cópia, assim como todas as etiquetas e textos presentes nos componentes do equipamento.

Mas a câmera de Cole não é apenas absolutamente idêntica à criada especialmente para que os astronautas levassem à Lua. O dispositivo funciona – e serve de prova do quanto foi investido tecnologicamente (e financeiramente) na época para se desenvolver a máquina fotográfica.

(Fonte: Wired / Cole Rise / Reprodução)

O dispositivo usado por Aldrin e Armstrong, aliás, não foi o único recriado por Cole! Ele também já reconstruiu – e vendeu algumas unidades a colecionadores endinheirados – a Hasselblad 500C, que foi modificada e usada por Wally Schira, o 3º homem a ser enviado em órbita ao redor da Terra, durante o programa Mercury, e pretende desenvolver réplicas de (quase) todas as câmeras que a NASA já enviou ao espaço. Bacana, né?

E quem é Cole – além de ser fotógrafo e louco por câmeras raras? Ele fundou uma empresa de web design na adolescência, criou uma startup para o desenvolvimento de produtos HTML 5 que foi comprada pela Apple e, depois, ajudou um amigo a criar a logo e vários filtros para um aplicativo: o Instagram, conhece? Então, agora, o cara só se dedica à reconstrução de câmeras. Afinal, ele provavelmente pode se dar ao luxo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Fotógrafo cria réplica da câmera que Aldrin e Armstrong usaram na Lua