A discussão sobre os impactos do uso de notebooks no colo na fertilidade é antiga. Nós, inclusive já abordamos o tema aqui. Depois de tanta evolução da tecnologia, especialmente dos laptops, será que essa preocupação ainda persiste? Ela faz algum sentido?

Se você tem medo de ficar infértil e usa o seu PC portátil no colo, acompanhe este texto e descubra o quão encrencado está. Vamos lá!

A primeira resposta para isso é NÃO

A gente gosta de responder de cara mesmo.

Pois bem, muitos médicos dizem que o calor produzido por esses aparelhos não é forte o suficiente para reduzir de forma preocupante a produção de esperma ou mesmo inutilizá-los.

Já mulheres podem dormir em paz, inclusive porque os ovários ficam bem acomodados internamente e não sofrem essas interferências internas.

Estudos mostram, na verdade, que homens deveriam se preocupar mais com o uso de banheiras hidromassagem do que com o notebook. Isso porque a temperatura da água da banheira é bem mais propícia a causar problemas nos esperma que o aparelho eletrônico.

Por que as ideias mudaram?

Muitos médicos indicavam o controle do uso de computadores no colo, mesmo sem estudos que embasassem isso. A máxima era: “é melhor prevenir do que remediar”. Hoje essa preocupação foi minimizada, principalmente por conta da evolução dos laptops, que são mais leves e esquentam menos. Um calor insuficiente para causar espantos e medos, no fim das contas.

É muito importante que um urologista seja consultado regularmente, para evitar quaisquer surpresas com a saúde. Ele é a melhor pessoa a dizer quais hábitos devem ser abandonados ou adquiridos, afinal cada paciente é diferente do outro e tem suas necessidades singulares.

E você, também evitava o uso do notebook no colo por medo da infertilidade? Conte pra gente, nos comentários, sobre a sua experiência.