Dados obtidos pela espaçonave Gaia, pertencente à Agência Espacial Europeia, foram usados para criar o que é o maior mapa estelar já feito (no planeta Terra, pelo menos). A imagem, disponibilizada aqui em alta resolução para ser apreciada com mais detalhes, contém 1,7 bilhão de estrelas, tanto as pertencentes à nossa própria galáxia, a Via Láctea, quanto as de fora dela, tudo do ponto de vista de nosso Sistema Solar.

Além de todas essas coisas distantes, há muito conhecimento sobre o Sistema Solar, como cerca de 14 mil objetos encontrados nele, de planetas a asteroides

Além da imagem que compõe o mapa, que é de encher os olhos de quem gosta desse tipo de “paisagem”, outros dados – esses mais voltados aos astrônomos e especialistas da área – foram divulgados pela Agência Espacial Europeia. São informações sobre a movimentação e as cores de 1,3 bilhão de astros celestes (do ponto de vista do Sol), como eles se relacionam com elementos do fundo (do ponto de vista da Terra), sua velocidade radial e a temperatura da superfície de muitas estrelas.

Informações de longe e de perto

Além de todas essas coisas distantes, há muito conhecimento sobre o Sistema Solar, como cerca de 14 mil objetos encontrados nele, de planetas a asteroides, passando por satélites e vários outros dados importantes. Só o tempo vai dizer o que os astrônomos vão ser capazes de fazer com tantas informações, mas certamente muito vai ser descoberto através desse mapa estelar. Algumas coisas, inclusive, já aparecem na internet nas redes sociais de especialistas da área.

Como se trata de uma infinidade de dados, ainda deve levar um bom tempo até que tudo seja devidamente analisado e que novas descobertas sejam anunciadas pelos astrônomos e outros cientistas. Por enquanto, já podemos observar toda a beleza e profundidade do nosso Universo acessando o mapa estelar clicando neste link.

Cupons de desconto TecMundo: