Você já ouviu falar sobre o “Catálogo Messier”? Ele consiste em uma das coleções astronômicas mais importantes da Terra e foi iniciado há quase 250 anos pelo astrônomo francês Charles Messier. Na verdade, de acordo com Anthony Wood, do site New Atlas, o cientista estava interessado mesmo em estudar cometas, mas, durante suas observações, começou a listar todos os objetos celestes que atrapalhavam seu trabalho para, assim, poder concentrar seus esforços no que realmente interessava.

Charles MessierCharles Messier (NASA)

Novas adições

Foi assim que nasceu o Catalogue des Nébuleuses et des Amas d'Étoiles — Catálogo de Nebulosas e Aglomerados Estelares em tradução livre —, cuja primeira edição, publicada em 1771, contava com 45 objetos. De lá pata cá a lista cresceu e, agora, com a ajuda do Telescópio Espacial Hubble, outros 12 itens foram incluídos no catálogo, que, hoje, soma 110 objetos celestes no total, entre nébulas, galáxias e aglomerados de estrelas.

E qual é a dificuldade em se incluir a foto de uma dessas estruturas? Estamos falando de objetos incrivelmente imensos e que se encontram a distâncias absurdas, assim, para você ter uma ideia, segundo Raúl Álvarez, do site Xataka, só para criar a imagem da Galáxia de Andrômeda que você pode ver a seguir, o Hubble teve que realizar quase 7,4 mil capturas a partir de 411 pontos diferentes do cosmos — e só depois os cliques foram processados e montados feito um mosaico. Sem falar que Andrômeda está a mais de 2 milhões de anos-luz de distância!

Galáxia de AndrômedaAndrômeda

Bem, essa imagem aí que você acabou de ver acima mostra uma parte da Galáxia de Andrômeda, conforme mencionamos anteriormente, e não captura nem a metade da galáxia! Veja abaixo qual é a região retratada na foto e, em seguida, quais foram as demais imagens incluídas no Catálogo Messier:

Galáxia de AndrômedaEsse é o "pedacinho" que você viu na imagem anterior (NASA)

1 – M58, situada a 62 milhões de anos-luz da Terra, na Constelação de Virgem

Galáxia distanteNASA/ESA/STScI e D. Maoz - Universidade de Tel Aviv/Observatório Wise

2 – M59, localizada a 60 milhões de anos-luz de nós, fica no aglomerado de Galáxias de Virgem

Galáxia distanteNASA/ESA/STScI e W. Jaffe (Sterrewacht Leiden) e P. Côté (Observatório Astrofísico Dominion)

3 – M62, situado a cerca de 22,2 mil anos-luz do nosso planeta, é um aglomerado com um núcleo extremamente denso de 150 mil estrelas

Aglomerado de estrelasNASA/ESA/ STScI e S. Anderson (Universidade de Washington) e J. Chaname (Pontifícia Universidade Católica do Chile)

4 – M75, localizado a 67,5 mil anos-luz de distância da Terra, é outro aglomerado, com cerca de 400 mil estrelas

Aglomerado estelarNASA/ESA/STScI e G. Piotto (Università degli Studi di Padova) e E. Noyola (Instituto Max Planck für extraterrestrische Physik)

5 – M86, situada a 52 milhões anos-luz de distância, na Constelação de Virgem, é uma galáxia composta por aproximadamente 3,8 mil aglomerados

Galáxia elípticaNASA/ESA/STScI e S. Faber (Universidade da Califórnia, Santa Cruz) e P. Côté (Observatório Astrofísico Dominion)

6 – M88, localizada a 47 milhões de anos-luz do nosso planeta, faz parte do aglomerado de Galáxias de Virgem

Galáxia distanteNASA/ESA/STScI e M. Stiavelli (STScI)

7 – M89, situada a 50 milhões de anos-luz da Terra, é uma galáxia elíptica quase circular

Galáxia distanteNASA/ESA/STScI e M. Franx (Universiteit Leiden) r S. Faber (Universidade da Califórnia, Santa Cruz)

8 – M90, localizada a 59 milhões de anos-luz de nós, é uma galáxia em espiral composta por aproximadamente um bilhão de estrelas

Galáxia distanteNASA/ESA/STScI e V. Rubin (Instituição Carnegie de Washington), D. Maoz (Universidadr de Tel Aviv/Observatório Wise) e D. Fisher (Universidade de Maryland)

9 – M95, situada a 33 milhões de anos-luz de distância, se encontra na Constelação de Leão

Galáxia distanteNASA/ESA/STScI e D. Calzetti (Universidade de Massachusetts, Amherst) e R. Chandar (Universidade de Toledo)

10 – M98, localizada a 44 milhões de anos-luz da Terra, fica nas imediações da Constelação de Coma Berenices

Galáxia distanteNASA/ESA/STScI e V. Rubin (Instituição Carnegie de Washington)

11 – M108, também conhecida como “Galáxia Prancha de Surfe”, fica a 46 milhões de anos-luz de distância de nós

Galáxia prancha de surfeNASA/ESA/STScI e G. Illingworth (Universidade de Califórnia, Santa Cruz)

12 – M110, localizada a 2,7 milhões de anos-luz da Terra, é uma galáxia que se encontra orbitando a Galáxia de Andrômeda

Galáxia elípticaNASA/ESA/STScI e D. Geisler (Universidad de Concepción)

Caso você tenha curiosidade de conhecer melhor o Catálogo Messier e conferir mais objetos celestes listados nele, não deixe de acessar este link.

***

Você já se inscreveu para receber a newsletter do Mega Curioso? Não? Então, clique aqui e se inscreva para receber nossas doses semanais de curiosidades no seu email!

Veja 12 objetos incluídos em um dos mais importantes catálogos astronômicos via Mega Curioso

Cupons de desconto TecMundo: