Pessoas que sofrem com a diabetes precisam tomar diversos tipos de cuidado para manter a saúde em dia. Um deles é estar sempre medindo seu nível de glicose no sangue, o que geralmente é feito por meio de pequenas picadas de agulha para realizar a análise. A medicina vem tentando arrumar uma maneira de driblar esse sistema desconfortável e pode estar avançando bastante em suas tecnologias.

Um estudo feito por pesquisadores sul-coreanos foi publicado na Science Advances e mostra um produto muito parecido com o que a Google vem desenvolvendo

Depois do Google ter anunciado que está trabalhando no desenvolvimento de lentes de contato capazes de medir a glicose nas lágrimas de uma pessoa, em uma parceria com o laboratório Novartis, chegou a vez de outra empresa mostrar avanços nesse mesmo tipo de tecnologia, mesmo com as previsões de um dispositivo assim só poder ser comercializado daqui a quatro anos ou mais.

a

Tecnologia para o bem dos pacientes

Um estudo feito por pesquisadores sul-coreanos foi publicado na Science Advances e mostra um produto muito parecido com o que a Google vem desenvolvendo: lentes de contato com um sensor eletrônico e alguns microcomponentes elétricos que podem medir o açúcar por meio do líquido secretado pelos olhos.

No caso dos coreanos, trata-se de lentes de material flexível, como em todas as comuns, e um sensor que envia sinal para um LED luminoso que se acende quando o nível de glicose está alto demais. Os testes foram feitos com coelhos e funcionaram perfeitamente, mas ainda assim, falta muito para que esse protótipo seja algo seguro para o comércio – um dos problemas é que a medição de açúcar por meio de lágrimas não é tão precisa quanto pelo sangue.

Cupons de desconto TecMundo: