Blue Origin acaba de dar um passo extremamente importante em sua jornada na criação de veículos para viagens espaciais turísticas. Isso porque a companhia conseguiu testar, com sucesso, seu motor de foguete BE-4; peça na qual a empresa esteve trabalhando nos últimos seis anos, vale notar.

O teste, que foi mostrado no curto vídeo abaixo pelo Twitter oficial da Blue Origin, ocorreu no quartel-general de testes da companhia no Texas. Não há como negar que a visão é impressionante, visto que o jato formado simplesmente atravessa vários metros em um feixe concentrado digno de uma cena de filme scifi.

Como você já deve imaginar, o sucesso nesse teste é um marco extremamente importante para o futuro da Blue Origin. Afinal, é o BE-4 (ou melhor, um conjunto de sete desses motores) que deve levar a cápsula New Glenn para entrar em órbita terrestre em seus voos. Não limitado a isso, a companhia ainda tem planos de disponibilizar seu BE-4 para a empresa United Launch Alliance, que está atualmente trabalhando em seu próprio foguete.

Antes disso, é claro, a Blue Origin terá que concluir o desenvolvimento de seu motor e coloca-lo para funcionar em sua cápsula espacial – algo que deve acontecer antes do fim da década.

Cupons de desconto TecMundo: