Uma viagem tripulada para Marte é um sonho antigo da NASA. Depois de aprovada a lei que financia esse projeto para 2033 a agência espacial norte-americana agora detalha os planos para realizar tal façanha. Antes de chegar lá, os astronautas devem passar um ano na órbita da Lua, que deve servir como base e “pit stop” até o Planeta Vermelho.

 Uma experiência de astronautas vivendo 365 dias na órbita da Lua é prevista para 2027

“Se conduzirmos uma missão tripulada ao longo do ano na Deep Space Transport nos arredores da Lua, acreditamos que teremos conhecimento suficiente para enviar pessoas em uma missão de 1000 dias para Marte, de ida e volta”, afirmou Greg Williams, executivo da NASA na Divisão de Exploração e Operações Humanas, em audiência na Cúpula Humana para Marte, nesta sexta-feira (12), em Washington D.C. As informações são do Space.

Portal Deep Space Gateway, à esquerda, e a Deep Space Transport, que deve ser construída perto da Lua

Essa Deep Space Transport citada por Williams seria uma construção espacial próxima ao portal Deep Space Gateway, ambos próximos ao nosso satélite natural e com o objetivo de servir como apoio para testes de operações e tecnologia. Essas mesmas estruturas seria o ponto de lançamento de naves com humanos. Se tudo der certo, a experiência de 365 dias desse projeto deve acontecer em 2027 e é essencial para que o destino final seja alcançado.

Marte 2033 em cinco fases

O projeto Marte 2033 conta com cinco fases e a primeira, a Fase 0, já está acontecendo, com pesquisas e testes envolvendo a Estação Espacial Internacional (International Space Station — ISS) para resolver possíveis questões sobre exploração, avaliar potenciais recursos lunares e desenvolver padrões.

Até o final da Fase 2 devem acontecer cinco viagens até o portal Deep Space Gateway

A Fase 1 deve acontecer entre 2018 e 2026, com quatro voos cislunares para transporte de peças essenciais de infraestrutura, como energia, ônibus de propulsão, módulos de logística de escotilha e pesquisa científica, tripulação e veículos. Tudo isso deve receber o apoio de robôs. Na Fase 2, esperada para 2027, aconteceria então o projeto de um ano no “pit stop”, com abastecimento de suprimentos até a primeira viagem de uma humano ao Planeta Vermelho, previsto para 2030.

Cronograma da Nasa para o projeto Marte 2033

Para começar todo o planejamento neste ano, Williams afirma que todos os envolvidos estão sendo definidos para que cada um ajude em um setor em prol de todo a missão. “Estamos tentando liderar essa jornada até Marte com um número abrangente de parceiros. O que estamos fazendo de agora até os dois próximos anos é ‘arrumar as malas’: quem vai fornecer o que — tanto em nível nacional quanto internacional — e como podemos juntos, com a liderança da NASA, realmente liberar essas missões tripuladas.”

Cupons de desconto TecMundo: