A Ericsson, a fornecedora de serviços de telecom Orange e o grupo PSA, dono das marcas Peugeot e Citroën, se juntaram por uma causa nobre: incluir a conectividade 5G nos automóveis em um futuro não tão distante.

O acordo foi assinado pelas três partes para começar a desenvolver a tecnologia focando nas plataformas de comunicação entre veículos (V2V) ou entre o veículo e qualquer outro elemento (V2X), sem deixar de lado a possibilidade de acesso a serviços online e sistemas de transporte mais inteligentes.

Cada empresa está incumbida de desenvolver uma parte do projeto: a Ericsson ficou responsável pela parte de comunicação por rádio, a Orange pela rede móvel e o Grupo PSA tem que colocar tudo isso dentro de um carro – tão simples quanto isso, pelo menos no papel.

Mari-Noëlle Jégo-Laveissière, vice-presidente de inovação da Orange, explica que as montadoras têm uma expectativa de que as provedoras de serviços de telecomunicação sejam capazes de fornecer a conectividade necessária para a manutenção remota dos veículos, por exemplo, ou para manter os softwares dos veículos do futuro atualizados.

“Com essa parceria com a Ericsson e com o Grupo PSA, estamos combinando nossas capacidades de direcionar o desenvolvimento do 5G para serviços inovadores com a perspectiva de disponibilidade já para 2020”, disse o executivo.

Divisor de águas

A chegada do 5G é vista como um divisor de águas para o mundo conectado porque, mais do que oferecer velocidades maiores, a tecnologia vai permitir que diversas formas de comunicação entre serviços sejam feitas.

Isso é especialmente importante quando se considera que todos os caminhos apontam para veículos autônomos e elétricos que terão que permanecer conectados a todo momento e que, além de conversar entre si, vão conversar também com a infraestrutura da cidade de forma a otimizar o tráfego.

A Audi lançou recentemente uma funcionalidade em seus carros que permite que eles recebam informações de uma central de trânsito sobre os temporizadores dos semáforos da cidade.

A conectividade também é importante para o conceito de Internet das Coisas, em que quase tudo com que interagimos será conectado de alguma forma e conversarão também entre si.

Da parte da rede 5G, o desenvolvimento está a todo vapor, com nomes como Ericsson, Huawei, Intel, Nokia e Qualcomm envolvidas em uma parceria para garantir que a tecnologia seja disponibilizada o quanto antes, visto que ela é um pilar fundamental para que diversos projetos futuristas se tornem realidade.

Cupons de desconto TecMundo: