Samsung e Apple lideram mercado de celulares em 2015, mas Huawei avança

2 min de leitura
Imagem de: Samsung e Apple lideram mercado de celulares em 2015, mas Huawei avança
Fonte: Benzinga
Avatar do autor

O número de smartphones enviados aos varejistas ao longo de 2015 bateu recordes e chegou a um total que passa de 1,43 bilhão de unidades, 10,1% a mais do que em 2014. Desse montante, 399,5 milhões foram apenas no quatro trimestre, o que representa um crescimento de 5,7% com relação aos últimos três meses do ano anterior. Como esperado, Samsung e Apple encabeçam a lista dos principais responsáveis por essas quantidades.

No trimestre final de 2015, a empresa coreana enviou nada menos do que 85,6 milhões de celulares inteligentes para a loja, número que representa um crescimento ano a ano de 14% e garantiu dominância sobre 21,4% do mercado. Logo atrás, a Apple liberou 74,8 milhões de aparelhos no mesmo período, atingindo um crescimento de apenas 0,4% nos últimos 3 meses e ficando com uma fatia de 18,7% no total.

Número de smartphones enviados às lojas no terceiro trimestre do ano passado

Número de smartphones enviados às lojas ao longo de 2015

Embora a Samsung continue em primeiro e a Apple em segundo no número de envios no ano todo, as porcentagens de crescimento se mostraram bem mais interessantes para a Maçã. Com um total de 324,8 milhões de smartphones ao longo de 2015, a coreana cresceu 2,1% no ano. Os 231,5 milhões de aparelhos da empresa de Cupertino, no entanto, garantiram um crescimento de 20,2% com relação a 2014.

Ascensão chinesa

Para 2016, é provável que as duas líderes mantenham suas posições no ranking, mas o crescimento da Huawei em 2015 indica que a concorrência pode se tornar ainda mais disputada. No ano passado, o número de envios de smartphones da empresa chinesa aumentou expressivos 44,3%, tornando-a a quarta companhia da história a superar o marco de 100 milhões de aparelhos – feito até então alcançado apenas por Samsung, Apple e Nokia.

Segundo uma das gerentes de pesquisas do IDC, Melissa Chau, os números fortes da Huawei tanto no quarto trimestre quanto no ano passado inteiro mostram o crescimento da empresa como uma marca global. “Ainda que haja muita incerteza sobre a desaceleração econômica na China, a fabricante é uma das poucas do país que tiveram sucesso em se diversificar mundialmente, com quase metade de seus envios feitos para o exterior”, afirma a analista.

Além da posição quase garantida da Huawei como a terceira maior do mundo, outras companhias chinesas também apresentaram crescimentos significativos. Os números da Lenovo e da Xiaomi, por exemplo, aumentaram respectivamente 24,5% e 22,8%. Juntas, as três empresas ficaram com 17,5% do mercado mundial em 2015, montante que supera o da Apple. No ano anterior, a soma dos envios do trio o colocava ligeiramente atrás da Maçã. 

Você acha que as tendências vistas no mercado de smartphones ano passado vão se repetir em 2016? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Samsung e Apple lideram mercado de celulares em 2015, mas Huawei avança