Uma pesquisa da Flurry Analytics, que faz parte do Yahoo!, mostrou que os hábitos dos consumidores estão mudando em relação ao uso de seus smartphones. As pessoas estão passando menos tempo nos navegadores e mais tempo em apps. De 2013 para cá, o tempo de uso de browsers caiu 50%. Essa queda pode ser explicada basicamente pela maior oferta de apps para conteúdos que antes só estavam disponíveis na web tradicional.

A pesquisa foi realizada apenas nos EUA, onde existem pelo menos 175 milhões de pessoas com ao menos um smartphone. Por lá, a média de tempo gasto diariamente com os aparelhos chegou a 3 horas e 40 minutos no segundo trimestre de 2015, um crescimento de 35% em relação ao ano passado.

O declínio dos navegadores é um dado interessante do comportamento dos norte-americanos, mas é ainda mais curioso notar que os games também estão perdendo espaço no tempo de uso das pessoas. Apps de entretenimento e de redes sociais têm se tomando mais presentes.

Atualmente, essas duas categorias, que incluem Facebook, WhatsApp e YouTube, já representam 51% de todo o tempo gasto com as pequenas telas nas mãos. Só as ferramentas de entretenimento (vídeo, música etc.) cresceram 240% em relação ao ano passado, pulando de 13 minutos por dia para 44 minutos por dia segundo a pesquisa.

Mesmo com menos espaço nas telas dos smartphones, as desenvolvedoras de games não estão perdendo dinheiro. A arrecadação em compras dentro de apps e também de licenças tradicionais tem crescido exponencialmente, o que revela que jogadores estão gastando mais dinheiro para terminar os jogos mais rápido em vez de tentar e tentar sem gastar um centavo.

A Flurry atualmente tem capacidade de analisar 10 bilhões de sessões de usuários em smartphones por dia, o que dá aos números da pesquisa muita credibilidade. Novos relatórios como esse devem ser publicados a cada três meses.

Cupons de desconto TecMundo: