Bateria no vermelho: situação cada vez mais comum em smartphones. (Fonte da imagem: Reprodução/ThinkStock)

Joguinhos, redes sociais, câmera, Bluetooth e GPS – além de receber e fazer ligações, é claro. Os celulares de hoje contam com um número cada vez maior de funções, transformando o smartphone em um notebook que cabe na palma de sua mão. Mas por quanto tempo você pode fazer tudo isso sem que precise recarregar a bateria?

Essa é a questão levantada pelo Buzzfeed: as baterias estão durando cada vez menos, pois os smartphones não param de ganhar em potência, enquanto a energia desses dispositivos permanece a mesma. O futuro, segundo a postagem, é apostar em baterias extras, o que seria desastroso para esses aparelhos.

Os grandes vilões

As baterias extras (ou battery cases) são capas que envolvem o smartphone e garantem até algumas horas a mais de sobrevida para um aparelho, mais ou menos como os modelos para notebooks.

Você colocaria uma dessas para cobrir seu iPhone? (Fonte da imagem: Reprodução/Amazon)

O principal argumento do Buzzfeed é estético: o acessório está totalmente fora de moda e é ligado normalmente a um público maluco até demais por tecnologia. Além disso, pense nos designers da Apple, por exemplo, que passam meses e meses discutindo o menor detalhe visual de um aparelho – até um acessório de encaixe qualquer surgir e quase dobrar o celular de tamanho.

Claro que uma bateria extra pode salvá-lo quando você está na rua ou na estrada e quase sem carga, por exemplo, mas isso valeria apenas para casos de emergência. O problema agora é que os futuros modelos exigiriam esses acessórios de qualquer consumidor.

O motivo de tanto gasto? Tantas funções e tecnologias avançadas de conectividade, como a internet 4G. Embora esse acesso dê uma boa velocidade de conexão, ele consome uma carga absurda de energia. E as baterias não ajudam: apesar de existirem bons projetos para o futuro da área e algumas dicas de economia, poucos realmente saem da fase de testes e integram uma linha de produtos.

Cupons de desconto TecMundo: