De todos os smartphones vendidos pela Samsung em 2016, apenas 29% eram tops de linha — o número representa uma queda de 40% de 2015. O ponto da Sammy em vendas de smartphones tops de linha foi em 2013, com 75% das vendas totais, na época do Galaxy S4.

Porém, o que isso significa? A Samsung continua ganhando terreno e, praticamente, é absoluta como fabricante que mais vende celulares no mundo. Acontece que, nos últimos anos, a companhia vem aumentando significantemente as ofertas no mercados de entrada e intermediário.

O preço médio de celulares Samsung em 2016 foi de US$ 232

Ainda: o fiasco do Galaxy Note 7. Se o aparelho não tivesse causado tantos problemas ano passado, provavelmente essa porcentagem de 29% seria bem maior.

De acordo com o The Investor, o preço médio de smartphones da Samsung também caiu em 2016, uma boa notícia para o consumidor, totalizando US$ 232 (R$ 722). Esse número é 19,7% mais baixo que 2015, quando a Sammy tinha um preço médio de US$ 289 (R$ 900).

A principal concorrente da Samsung, a Apple, fechou 2016 com um preço médio de US$ 645 (R$ 2 mil), um aumento de 7% quando comparado com 2015 — neste ponto há um explicação simples: a Apple não lança celulares para mercados de entrada ou intermediário.

Cupons de desconto TecMundo: