A empresa IC Insights divulgou a nova edição do ranking de fabricantes líderes de vendas no mercado de smartphones. A lista, que vale para o primeiro trimestre de 2016, traz um domínio da China e a queda de duas gigantes.

Das 12 vagas (não, também não sabemos porque não é só um top 10), oito são de fabricantes chinesas, mostrando que o mercado do país é mesmo o mais poderoso em quantidade de unidades comercializadas. Vale notar que, dessas marcas, várias são conhecidas ou até possuem atividade no Brasil. Há ainda duas representantes da Coreia do Sul, uma da Índia e uma dos Estados Unidos.

A maior escalada na lista foi da indiana Micromax (crescimento de 74% comparando o resultado de 2015 com a previsão de 2016) e a grande queda foi da Lenovo (-26%, número que deve voltar a subir por conta da Motorola).

Veja a lista:

A Samusung lidera a lista com 81,5 milhões de unidades vendidas no primeiro trimestre do ano e previsão de 320 milhões para todo o 2016 — redução de 1% em relação a 2015, mas ainda assim um número impressionante. A Apple está bem atrás, com 51,6 milhões de smartphones comercializados e previsão anual de 225 milhões. Clique aqui para ver os números completos do ranking.

Ficaram de fora

Três empresas deixaram a lista nesta nova edição: a japonesa Sony, a norte-americana Microsoft e a indiana Coolpad. As duas primeiras são as quedas mais chocantes, já que são gigantes da indústria.

A Microsoft remodelou toda a divisão de smartphones, reduziu a janela de lançamentos da linha Lumia e mantém em mistério o que fará em seguida. Já a Sony também fez alterações na estratégia de vendas, mas tem um caso mais grave porque não parou de lançar novos produtos em nenhum momento (a mais recente é a linha Xperia X).