Está ocorrendo em terras japonesas o Tokyo Motor Show 2015, evento realizado na capital do Japão entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro e que traz as mais variadas empresas automobilísticas com as suas visões para os carros do futuro. Nós já falamos aqui no TecMundo sobre o Nissan IDS, um conceito de carro autônomo que se adapta ao modo de dirigir do motorista – possivelmente fazendo correções para reduzir os prováveis acidentes.

Além da Nissan com o Nissan IDS, outros veículos únicos foram apresentados por Mercedes-Benz, Mazda e Toyota até o momento, como você pode conferir em maiores detalhes logo abaixo. Lembramos que muitos desses automóveis são conceituais, que devem chegar às ruas em um futuro próximo, porém provavelmente um pouco modificados.

1 – Vision Tokyo da Mercedes-Benz

O automóvel autônomo apresentado pela Mercedes foi batizado de Vision Tokyo justamente por ter sido introduzido na capital do Japão. Descrito como um veículo capaz de proporcionar um momento de relaxamento em meio ao caos do trânsito da cidade grande, podemos perceber pelas imagens que o interior do Vision Tokyo quase não se assemelha ao de um carro comum (é mais dedicado à socialização).

Com um sofá em forma de arco, até cinco passageiros podem se sentar para conversar e realmente relaxar durante o trajeto, enquanto o carro percorre sozinho as ruas da cidade. O estilo futurista é composto por uma pintura de prata e luzes azuis de LED que conferem um visual que parece ter saído do filme "Tron". Abastecido com células de combustível, o Vision Tokyo possui semelhanças com o Mercedes F 015, apresentado nas CES 2015, em janeiro.

Apesar de esse ser um carro autônomo, é permitido controlá-lo manualmente. Entre as funcionalidades únicas do Vision Tokyo, está o fato de o carro ser capaz de realizar projeções de hologramas e mostrar mapas em três dimensões. Isso tudo em um sistema livre de emissões e que pode percorrer até 190 quilômetros no modo elétrico e mais de 790 quilômetros com as células de combustível de hidrogênio.

2 – RX-Vision da Mazda

Por bastante tempo, os veículos da Mazda se transformaram em sinônimo de automóveis movidos a motores rotativos. Apesar de o último modelo com essa mecânica ter saído do mercado em 2012, o RX-Vision traz esse conceito de volta.

Embora os motores rotativos apresentem alguns desafios técnicos quando se trata de cumprir as metas de eficiência de combustíveis e as diretrizes de emissões, eles são conhecidos por agregarem grandes quantidades de energia dentro de caixas compactas, com menos peças móveis do que em motores a pistão. A Mazda diz que o RX-Vision traz a visão de futuro que a empresa espera em breve tornar realidade.

O RX-Vision é essencialmente um carro esportivo de tração traseira com um motor dianteiro, alimentado pelo SkyActiv-R. Com um capô clássico mais alongado e proporções traseiras reduzidas, temos a impressão de que o veículo possui um motor bastante grande, quando na realidade ocorre o contrário, já que ele traz motor rotativo. Detalhes mais específicos do RX-Vision não foram liberados pela Mazda.

3 – Kikai da Toyota

O Kikai é mais um dos carros conceituais apresentados no Tokyo Motor Show 2015, com um visual com alguns traços do estilo steampunk. Esse modelo da Toyota tem todo o maquinário exibido de modo tão explícito justamente para lembrar as pessoas das tecnologias fundamentais que fazem um automóvel funcionar – o objetivo é chamar atenção. O veículo foi todo projetado para enfatizar o que realmente significa dirigir.

Kikai quer dizer máquina em japonês, e observando o carro realmente podemos ver que a decisão do nome foi bem condizente. O assento do motorista está localizado bem no centro do painel de controle, escolha que a Toyota fez para aumentar a conexão sensorial com o veículo. Também há um painel de vidro nos pés do motorista para que a operação das rodas seja visualizada para transmitir maior sensação de velocidade.

Não há interface por toque no veículo, já que o conceito do Kikai é outro. Por outro lado, há um monte de mostradores analógicos. “Enquanto muitos automóveis escondem as suas peças sob latarias de metais lisos, nós encorajamos o público a apreciar a complexidade da beleza dos aspectos mecânicos dos carros. Mais amplamente, [o Kikai] nos lembra do apelo do físico e tátil na era digital...”, disse a Toyota em comunicado oficial.

Além desses três veículos, existem muitos outros automóveis futuristas, inovadores e conceituais que foram apresentados no Tokyo Motor Show 2015 e que serão exibidos nos próximos dias. Veja abaixo mais algumas imagens de outros modelos e empresas: