Carros de luxo já impressionam em fotos ou vídeos, mas ao vivo eles ficam ainda mais deslumbrantes. A montadora Mercedes deu um verdadeiro show no palco ao exibir o modelo F 015 durante a apresentação da companhia na CES 2015, deixando todo mundo com vontade de saltar no tempo só para ter acesso a essa tecnologia.

Batizado também de Mercedes Luxury in Motion ("Luxo em Movimento", em uma tradução literal), o conceito apresentado é bastante minimalista e, apesar de ter inúmeras funções e ser extremamente caro, tenta ser o mais "limpo" possível em visual. A ideia é que ele não seja direcionado somente para estradas ou longos percursos, mas vire presença constante no cotidiano.

Sem motorista

Para começar, o F 015 aposta em uma possível tendência do futuro: fora um modo manual, ele também dirige sozinho — e, nessa segunda opção, os bancos até podem ser virados para trás para que você interaja com os passageiros da traseira. Para funcionar de forma autônoma, o modelo possui sensores ultrassônicos e um sistema de multirradares para detectar o ambiente em volta.

Uma série de LEDs nas extremidades do carro avisa se ele está no modo manual (luzes brancas) ou autônomo (na cor azul). Essas luzes também podem servir de aviso para o motorista e indicar momentos de frear ou parar.

Por dentro do futuro

Basicamente, o automóvel é composto de um plástico que utiliza fibra de carbono reforçada, aço e alumínio em sua composição. O resultado é um carro ecológico em estrutura e emissão e com até metade do peso de modelos atuais, capaz de fazer 1.110 km em uma única carga do sistema híbrido comandado pela célula-combustível F-Cell com o auxílio de um motor elétrico.

É por dentro, entretanto, que ele acumula a maior parte das tecnologias invadoras. A navegação é extremamente precisa, sendo que restaurantes, pontos turísticos e outros locais podem ser exibidos em tempo real em uma tela que fica de frente para o motorista.

Sendo um carro de luxo do futuro, é até óbvio que o painel frontal do F 015 seja sensível ao toque. O modelo, entretanto, tem a tecnologia também nas laterais — e o movimento gestual ou com os olhos pode ser igualmente usado para controlar a plataforma. Além de navegar pelo sistema, você transforma o interior do veículo em um ambiente ideal para passar o tempo, configurando até a cor da iluminação interna.

Tudo pelo celular

Não, usar o smartphone enquanto dirige não é uma boa ideia e isso não é incentivado pela Mercedes. Nesse conceito, entretanto, os dispositivos móveis ganham uma importância inédita.

Para começar, o sistema de identificação do motorista pode ser feito pelo smartphone. Enquanto você está em casa, esperando a hora de sair, é possível configurar temperatura, GPS e outras funções remotamente. Além disso, é possível dar a ordem para que o carro saia sozinho de um ponto e busque um passageiro ou encontre uma vaga de estacionamento em qualquer lugar da cidade indicado por você.

Virando realidade

Apesar de tantas novidades em um único automóvel, a empresa não sabe ainda quando vai colocar em prática o que foi apresentado com o conceito F 015. Além das funções, é preciso estudar ainda como garantir a segurança dos dados do motorista e, principalmente, estar dentro da legislação para carros autônomos. De qualquer forma, o futuro ao menos já foi apresentado — e é nada menos que impressionante.

Cupons de desconto TecMundo: