Provando que até mesmo criminosos têm que conhecer um pouco de tecnologia nos dias atuais, ladrões dos Estados Unidos começaram a incorporar laptops como ferramentas de trabalho. Segundo o Wall Street Journal, vem se tornando cada vez mais comum que pessoas usem esses dispositivos para hackear o computador interno de carros  e roubá-los de forma silenciosa.

Recentemente, uma gravação de segurança gerada na cidade de Houston mostrou criminosos usando um notebook para abrir as portas de um Jeep Wrangler de 2010. Agindo de forma silenciosa, os criminosos conseguiram ter acesso ao sistema de ignição do veículo após invadir seu software de controle.

“Não sabemos exatamente o que ele está fazendo com o laptop”, afirmou o oficial sênior James Woods, do Departamento de Polícia de Houston. “Eu acredito que ele está mexendo no computador do carro e o casando com uma chave que ele pode já ter consigo para conseguir iniciar o veículo”.

Cientes do problema, companhias como a Tesla já começaram a priorizar a segurança de seus sistemas internos para evitar a ação dos “ladrões tecnológicos”. Infelizmente, essa é uma situação que deve se tornar cada vez mais comum no futuro, já que sistemas automatizados e inteligentes tendem a ser mais comumente encontrados.