(Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

Conforme noticiado pelo site PCInpact, na última quinta-feira (28), uma corte francesa ordenou que Google, Microsoft e Yahoo! removam dos resultados de pesquisas dos seus respectivos buscadores 16 sites que estão hospedando conteúdos pirateados.

O processo foi aberto em dezembro de 2011 por organizações e grupos do país que protegem os interesses de companhias de entretenimento, incluindo Sony e Paramount. Além das gigantes da tecnologia, provedores de internet locais, entre eles Orange, Free, Bouygues Telecom, SFR, Numericable e Darty Telecom, foram intimados a bloquear o acesso às páginas envolvidas.

De acordo com a decisão judicial, os 16 sites mencionados (como Allostreaming, Fifostream e DPstream) estariam “dedicados ou virtualmente dedicados para a distribuição de trabalhos audiovisuais sem o consentimento de seus criadores”, infringindo leis de direitos autorais. As companhias têm duas semanas para remover ou bloquear tais propagadores da pirataria.

Cupons de desconto TecMundo: