Apresentado pela primeira vez em 2013, o Anki Drive unia características dos jogos de corrida com carros armados para smartphones e os autoramas físicos clássico, dando origem a um brinquedo que parece unir o melhor dos dois mundos – clique aqui para saber mais. Já em fevereiro deste ano, a empresa revelou as primeiras informações sobre a segunda geração de seu produto, chamada de Anki Overdrive.

Além de aprimorar os carros disponíveis e as mecânicas de jogabilidade controladas pelo aplicativo para celulares, a nova versão do brinquedo apresenta pistas modulares, com peças que podem ser compradas separadamente para dar origem a trajetos personalizados. Agora, a companhia finalmente revelou a data de chegada do produto e divulgou mais detalhes sobre os novos veículos e dois dos modos de jogo disponíveis.

Experimentando o Overdrive no escritório da Anki, a jornalista Nicole Lee do Engadget afirma que a empresa conseguiu atingir seu objetivo de que seu brinquedo faça os usuários se sentirem dentro de um video game. Para isso, a empresa contratou Joby Otero, ex-diretor criativo de Skylanders, e outros talentos de companhias como EA e Activision, que se uniram para trabalhar na arte, som, roteiro, desenvolvimento de personagens e design de missões da novidade.

Dos games para a realidade

“Você pode pensar na Anki como um estúdio de jogos dentro de uma companhia maior de robótica. Nós desejávamos trazer a riqueza dos video games para o mundo físico”, afirma Mark Palatucci, cofundador e chefe de produto da empresa. Com essa meta em mente, a companhia desenvolveu a ideia de “Comandantes IA”, que são basicamente personagens que você designa para controlar um carrinho rival ao seu.

Para progredir na história do jogo, você deve desafiar e derrotar os comandantes, cada um com sua própria personalidade e estilo de direção. Segundo Palatucci, a empresa contratou um ator de voz para cada personagem e todos eles possuem histórias próprias e níveis crescentes de dificuldade, que aumentam conforme você avança nos campeonatos.

Antes de iniciar o jogo em si, é preciso colocar seus carrinhos pareados via Bluetooth na pista customizada para que eles “aprendam” o seu trajeto – é possível até ver o mapa ser desenhado em tempo real no seu celular. No app, você pode controlar a velocidade do veículo, usar o giroscópio para ir um pouco mais para direita ou para a esquerda e pressionar botões para ativar seu “nitro” ou usar suas armas. O resto da direção é feito automaticamente pelo sistema.

Ampliando a magia

Outros aspectos do aplicativo também foram melhorados no Overdrive com relação ao seu antecessor. O ato de acelerar o carro agora é acompanhado pelo som de um motor, a música de fundo se torna mais intensa conforme as corridas progridem e os rivais de inteligência artificial até comemoram quando ultrapassam o jogador na pista. “Em certo ponto me peguei pensando ‘nem a pau vou deixar essa IA cretina me passar’”, diz a jornalista sobre a imersão do jogo.

Em certo ponto me peguei pensando ‘nem a pau vou deixar essa IA cretina me passar’

Por outro lado, Nicole Lee ressalta que dividir sua atenção entre o que está acontecendo na pista e os controles no app pode ser um desafio, ao menos nas primeiras vezes. Segundo a repórter, a Anki afirma que o áudio fornece um pouco de feedback aos jogadores e que as pessoas acabam se acostumando com a prática. Além disso, Palatucci diz que a versão final do aplicativo vai incorporar vibrações de resposta aos comandos, o que deve facilitar as coisas.

Já com relação aos carros, o Anki Overdrive deve dispor de pelo menos seis veículos diferentes, cada um com seu próprio design, características e tipo de armamento. O modelo Thermo, por exemplo, vem com um lança-chamas feito para atingir adversários próximos, enquanto o Groundshock vem portando uma arma de impulsos elétricos. Confira todas as opções de carrinhos na imagem abaixo.

Os modos de jogos, por fim, incluem o Tounament e os novos Time Trial e King of the Hill. Enquanto o primeiro coloca os jogadores contra os Comandantes AI e permite progredir na história, o segundo envolve concluir o trajeto dentro de um limite de tempo e o terceiro estimula você a atacar seus rivais para determinar quem será o líder quando o timer chegar a zero.

Custos da brincadeira

O Anki Overdrive será vendido na forma de um kit inicial de US$ 150 (cerca de R$ 465, sem impostos), contendo dez peças modulares para sua pista e dois dos carrinhos, nos modelos Groundshock e Skull. Veículos adicionais poderão ser comprados separadamente por US$ 50 (em torno de R$ 155) cada e partes extras para incrementar seus trajetos poderão ser adquiridas por valores que variam entre US$ 10 e US$ 30 (algo entre R$ 31 e R$ 93).

A companhia também revelou que a nova geração de brinquedos finalmente passará a contar com crossplay entre usuários de Android e iOS. No Anki Drive, usuários dos dispositivos da Apple e os donos de aparelhos com o sistema da Google não eram capazes de competir uns contra os outros, podendo enfrentar somente quem usasse a mesma plataforma.

Segundo Lee, a Anki planeja criar uma comunidade de jogadores para permitir que eles compartilhem dicas, truques e até mesmo fotos de seus trajetos customizados e instruções para quem quiser os replicar. O lançamento do Overdrive está marcado para o dia 20 de setembro nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Canadá – ainda não há previsão para a chegada do produto em outros países.

E você, estaria disposto a gastar com importação para entrar na brincadeira? Acha melhor esperar para ver se a novidade vai chegar oficialmente ao Brasil? Acredita que isso é desperdício de dinheiro? Deixe sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: