O brasileiro é um povo criativo, e ninguém pode discordar disso. Por mais que nosso país esteja um pouco longe de ser uma referência no mercado de tecnologia, alguns projetos feitos por aqui – ou desenvolvidos lá fora por empreendedores brasucas – fazem um sucesso absurdo na internet, chamando a atenção também de consumidores ao redor do mundo inteiro.

Geralmente são inventos independentes, que conseguem angariar dinheiro através das plataformas de financiamento coletivo como Catarse, Kickstarter e Indiegogo. Na maioria das vezes, esses empreendedores trabalham sozinhos ou com uma equipe bastante reduzida, o que dificulta um pouco a fabricação em massa e lançamento comercial dos gadgets.

O TecMundo selecionou cinco projetos inovadores que fizeram bastante sucesso na web ao longo dos últimos anos e foram idealizados por brasileiros. É um tanto difícil elaborar uma lista como essa, pois a quantidade de invenções bacanas que andam surgindo em terras nacionais é enorme – dessa forma, tenha em mente que este artigo levou em consideração o fator inovação presente nos gadgets e também a repercussão internacional de cada um deles.

1) goTenna

Um smartphone é um dispositivo com pouca utilidade quando você está sem sinal de internet, seja de WiFi ou de redes móveis. E foi por isso que os irmãos Daniela e Jorge Perdomo criaram o goTenna, um aparelho portátil que lhe permite se comunicar mesmo quando não há roteadores e antenas por perto. O que este gadget faz é criar seu próprio sinal de telecomunicações, que é usado pelo seu celular para envio e recebimento de mensagens.

A ideia do goTenna é servir como uma ferramenta de emergência, auxiliando o cidadão em momentos de caos urbano ou durante expedições em locais afastados, como viagens para florestas e montanhas. Além de você poder bater um papo com outras pessoas, o app necessário para usar o aparelho permite que você compartilhe sua localização rapidamente – um recurso bacana para pedir socorro quando a situação ficar tensa.

O produto é vendido em pares, já que a pessoa com quem você deseja se comunicar também precisa ter um goTenna para que a interação possa acontecer. O raio do sinal emitido pelo invento é de 14 km em ambientes abertos e 1,6 km em cenários urbanos. O projeto está em pré-venda por US$ 150 (cerca de R$ 550 na cotação atual do dólar) e é compatível tanto com o Android quanto com o iOS.

2) Graava

Anunciada no mês passado, a Graava foi idealizada pelo brasileiro Bruno Gregory, que mora nos EUA e sofreu um grave acidente de trânsito em 2012 enquanto praticava ciclismo pelas ruas de Berkeley Hills. O empreendedor saiu ileso, e o vídeo que estava sendo gravado pela câmera de ação acoplada em seu capacete foi essencial para identificar o motorista irresponsável que colidiu contra sua bicicleta.

O episódio inspirou Bruno a lançar uma action cam resistente, discreta e fácil de ser utilizada. Nasce então a Graava, capaz de registrar vídeos em 1080p, fazer hyperlapses em UHD e tirar fotos com 8 MP de resolução. O gadget possui uma lente com ângulo de 130 graus, além de GPS embutido, WiFi, Bluetooth, dois microfones de alta sensibilidade, um acelerômetro e um giroscópio. A bateria dura três horas de uso contínuo e é recarregada sem o uso de fios.

Porém, o grande diferencial do produto é sua capacidade de editar seus vídeos automaticamente, selecionando os melhores momentos da gravação e criando um clipe mais curto de forma autônoma. Tudo isso é feito através do aplicativo dedicado compatível com iOS e Android. A Graava já está disponível na pré-venda por US$ 249 (cerca de R$ 900); o envio das unidades deve começar no primeiro trimestre de 2016.

3) Movpak

Nada mais chato do que ficar carregando uma mochila pesada no caminho entre a estação de trem e o seu destino final, não é mesmo? Foi pensando em uma forma inteligente de resolver esse problema que o baiano Hugo Dourado criou a Movpak, uma mala que possui um skate elétrico embutido. É isso mesmo! Você pode carregá-la normalmente nas costas, e, quando precisar, basta montar a prancha acoplada, subir em cima e aproveitar à vontade.

A engenhoca (que pesa apenas 7,7 kg) consegue atingir a velocidade máxima de 30 km/h e tem autonomia energética de 20 km. A recarga é rápida: basta acoplar seu Movpak em uma tomada comum e ele estará pronto para outra aventura em apenas duas horas. O controle do skate – ou seja, aceleração e freio – é feito através de um controle sem fio que acompanha o produto.

Novamente, a ideia do invento é servir como meio de transporte em trajetos curtos, sendo perfeito, por exemplo, para estudantes que precisam se movimentar demais dentro do campus de sua universidade. A Movpak também está em pré-venda, mas seu preço é um pouco salgado: ela custa US$ 999 (mais de R$ 3,6 mil) e você ainda precisa arcar com o frete internacional de US$ 160 (R$ 580).

4) Vela

A Vela é uma bicicleta elétrica 100% montada no Brasil e que angariou fundos através de três serviços de financiamento coletivo. No Catarse, ela conseguiu juntar R$ 45 mil; no Kickstarter, recebeu US$ 21 mil; no Indiegogo, conseguiu US$ 16 mil. Ela será lançada no fim deste mês, durante a Brasil Cycle Fair, maior feira de bicicletas da América Latina – o TecMundo estará presente no evento para conferir essa novidade de perto.

O grande diferencial dessa magrela é seu design caprichado – quem a vê de longe pensa que ela é uma bicicleta convencional, visto que o motor de 350 watts e a bateria de 35 km de autonomia estão escondidos discretamente no quadro de chromoly. Indo além, a Vela possui um sistema de alarme integrado, um rastreador GPS e uma porta USB para você recarregar seu smartphone enquanto pedala pela cidade.

Pesando apenas 19 kg, a bike também se destaca pela bateria de rápida recarga: bastam duas horas na tomada para que a Vela esteja novamente pronta para os seus 35 km. Ainda não se sabe exatamente quanto o modelo vai custar no varejo, mas, durante o período de financiamento no Catarse, era necessário desembolsar ao menos R$ 2,9 mil para reservar uma unidade.

5) SuperCooler

Já falamos várias vezes sobre este invento aqui no TecMundo, e até mesmo gravamos um teste em vídeo para descobrir se ele realmente funciona. Idealizado por três estudantes gaúchos, o SuperCooler é um gadget portátil, movido a pilhas, capaz de gelar praticamente qualquer bebida em um curtíssimo intervalo de tempo. Bastam apenas dois minutos para refrigerar uma latinha pequena de cerveja, por exemplo.

O funcionamento da engenhoca é simples: você acopla a lata ou garrafa no “bico” do dispositivo (que é feito de borracha e pode ser adaptado para vários modelos), posiciona o recipiente sobre uma quantidade razoável de gelo e liga o produto pressionando seu único botão. Vale lembrar que as bebidas jamais chegarão a congelar, mesmo que você mantenha o SuperCooler girando por tempo demais.

As baterias AA concedem uma autonomia energética de até 200 horas, o suficiente para refrigerar todas as cervejas daquele churrasco em família sem precisar comprar mais pilhas. Com garantia de seis meses, o SuperCooler custa R$ 99 e pode ser adquirido tanto através do site oficial do produto quanto através de revendedores autorizados (a lista completa de representantes pode ser encontrada neste link).

Qual é o gadget brasileiro mais incrível que você já viu? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: