(Fonte da imagem: Reprodução/Abril)

E a batalha de nossa presidenta contra as ações de espionagem dos Estados Unidos e da NSA parece estar só começando. Depois de deixar claro que quer independência da internet brasileira no começo da semana, Dilma está unindo forças com a Argentina para “reagir” às ações do governo americano.

Com isso, Luiz Alberto Figueiredo, nosso ministro de Relações Exteriores definiu, junto do chanceler argentino Héctor Timerman, um plano de ações conjuntas contra a espionagem do governo dos EUA. Junto disso, também foi determinado uma série de ações para desenvolver ferramentas de ciberdefesa, segundo a Info.

Mas de que tipo de ações estamos falando? Infelizmente, isso ainda é um mistério. Tudo o que podemos fazer é esperar por um anúncio oficial do governo.

Cupons de desconto TecMundo: