(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube)

Durante uma entrevista ao Sidney Morning Herald, o especialista em biometria e professor de ciência da computação Willy Susilo afirmou que a tecnologia de leitura de digitais utilizada pela Apple e pela Samsung e seus aparelhos não passam de meros “artifícios”. Segundo ele, esse tipo de scanner biométrico não oferece uma segurança real para usuários, já que pode ser facilmente driblada por hackers.

Ainda assim, o especialista acredita que outras tecnologias de biometria mais confiáveis podem ser inseridas nos smartphones, como é o caso dos scanners de retina e dos mapeadores de veias (clique aqui para conhecer um pouco mais esse tipo de técnica). Susilo aposta mais no segundo tipo por conta dos receios de que os leitores de retina possam causar câncer.

Outra vantagem dos scanners de veias sobre os de digitais é o fato de que essa tecnologia parece não necessitar de contato físico com os aparelhos, o que dificultaria a criação de moldes falsos por parte dos hackers. Vale ressaltar, no entanto, que embora os leitores de impressões dos dedos possam ser burlados, eles ainda servem para facilitar o acesso aos smartphones e impedir sua utilização por crianças, por exemplo.

Cupons de desconto TecMundo: