A Microsoft pretende liberar ainda hoje a nova logo do seu buscador Bing no site da plataforma. As mudanças consistem basicamente em uma nova cor — indo do amarelo para o verde —, um “B” maiúsculo no nome e um símbolo um pouquinho diferente. A empresa comenta que essas alterações foram feitas basicamente porque o verde é mais fácil de ver em fundos brancos do que o amarelo.

Essa novidade também serve para comemorar uma nova etapa, sendo que o serviço de buscas finalmente passou a render lucros para Microsoft, que começou a ganhar mais dinheiro do que investe ainda em 2015. O Bing já é responsável por 21% de todas as buscas feitas na web globalmente e trouxe para os cofres da empresa de Redmond mais de US$ 1 bilhão no último ano.

Mais integração 

A partir de agora, a empresa vai trabalhar para integrar o Bing mais profundamente em seus produtos principais, como o Windows 10 desktop e mobile, além do navegador Edge. Fora isso, serviços como a Siri, da Apple, Alexa da Amazon e outros da AOL, todos usam o Bing como motor de buscas por conta do seu poder contextual/dedutivo superior em comparação ao Google.

“Esperamos que o Bing continue a crescer e estamos muito animados com nossa trajetória”, disse Rick van der Kooi, VP no o Bing na Microsoft, ao AdAge. Ele comenta que vê um futuro mais brilhante para o seu buscador do que para os concorrentes. “Somos o único motor de buscas que está experimentando crescimento constante e consistente e que melhorou o marketshare em 26 trimestres consecutivos. E nós não vamos desacelerar”, explicou.

Qual seu buscador preferido: Google ou Bing? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: