Você já deve ter instalado diversos programas com as mais diferentes funções em seu computador. Normalmente, o processo para que ele seja corretamente inserido na sua máquina exige que você concorde com a política do desenvolvedor, com a criação de atalhos na Área de trabalho e por aí vai.

Tudo isso é feito ao clicar em “Next” (ou “Avançar”, se estiver em português) diversas vezes, em um processo que se torna automático para o usuário, depois de repetido muitas vezes.

Mas algumas dessas instalações trazem um bônus: uma barrinha de ferramentas instalada no seu navegador. De aparência inocente, aos poucos elas mostram que não são apenas um adorno em seu computador, podendo causar alguns danos e preocupações.

As barras de ferramentas não são muito úteis, mas o usuário só descobre isso depois de instalá-las.

Para saber exatamente com o que você está lidando, o Baixaki preparou um artigo para esclarecer do que se tratam e como banir de vez essas verdadeiras pragas virtuais do seu computador.

O que são?

À primeira vista, as barras de ferramentas do navegador atuam como objetos que prestam auxílio ao usuário. Entre suas funções, normalmente estão um ranking que diz se o endereço em que você está é bastante visitado, um sistema de busca, um dicionário online, guia de compras, jogos em Flash, entre outros serviços que, sem dificuldade, podem ser acessados diretamente sem nenhum intermediário.

Juntas, é possível notar como poluem visualmente seu navegador. (Fonte da imagem: Baixaki)

A origem delas é normalmente fruto da parceria entre desenvolvedores de software com empresas ou usuários que criam as toolbars. Em troca de um valor destinado à desenvolvedora para cada instalação, há o direito de incluir o produto juntamente com um aplicativo.

Ao todo, já foram descobertas várias dezenas de barrinhas diferentes, cada uma com um visual particular, mas um único propósito: irritar o usuário com publicidade e aplicativos danosos.

E o pior: isso não fica restrito apenas aos programas. Alguns avisos para instalar barras de ferramentas surgem ao acessar determinadas páginas na internet que estejam infectadas e, quando você menos espera, surge um desses itens preso na parte superior do seu navegador.

Em alerta

Erra quem pensa que essas nada simpáticas barrinhas são totalmente inofensivas. De pequenas interferências na sua navegação até quebras na segurança da sua máquina, elas são capazes de causar dor de cabeça para quem não ficar atento.

O primeiro item não é um perigo, mas atrapalha o uso da internet. Por seu visual e espaço ocupado, essas barras de ferramentas causam poluição visual no seu navegador, tirando um pequeno espaço para visualização da página e inserindo o objeto que muitas vezes não é nem um pouco bonito.

E elas são espertas: a localização estratégica, logo abaixo da barra de endereços, é perfeita para ostentar o logotipo da empresa, além dos vários serviços ofertados.

As empresas monitoram sua navegação e podem instalar programas que danificam a máquina
O outro ponto merece atenção: elas podem conter códigos maliciosos que agem para quebrar a segurança do computador e infectar a máquina ou repassar informações.

Normalmente utilizadas apenas para monitorar tráfego e servir de publicidade para a empresa detentora da barra, elas podem direcioná-lo para páginas que causam danos ao seu computador ou abrigar spywares elas mesmas. É comum que você tenha seu endereço inicial modificado ou seja interrompido por diversos popups saltando na tela, resultando em uma navegação bastante lenta.

Duro de desinstalar

Baixou um aplicativo e ele já cumpriu seu objetivo? Experimentou um jogo, mas não curtiu seu estilo? Para retirá-los de vez, é só desinstalá-lo em poucos cliques. Mas eliminar uma barra de ferramentas do seu navegador é uma tarefa árdua. O serviço é um aplicativo teimoso, que não deixa sua máquina em paz pelos métodos convencionais, através do Menu Iniciar ou do Painel de Controle.

Você pode removê-las de duas maneiras: manualmente ou através de um software que servem especialmente para isso. O Baixaki já ensinou como se livrar dessas barras de patrocinadores em um passo a passo completo. Clique aqui para acessá-lo!

É melhor prevenir

Para não ter todo o trabalho descrito acima na remoção dessas inconveniências, o usuário deve ter alguns cuidados básicos, que resultam no desaparecimento definitivo de barrinhas inúteis no seu navegador.

Preste bastante atenção na hora de instalar um aplicativo. Normalmente, é possível desmarcar a caixa que confirma a autorização do usuário – e o Baixaki sempre alerta em suas análises quando tal ação se faz necessária. Outro passo é observar se o software é de confiança, pois o problema pode ser solucionado ao descartar um programa suspeito antes mesmo de experimentá-lo.

Prevenção e paciência pode livrá-lo das toolbars.

Além disso, em suas versões mais atualizadas, os grandes navegadores possuem praticamente todas as funções úteis prometidas pelas barras de ferramentas online. E quando o Firefox, o Chrome ou o Internet Explorer não suprem todas as suas necessidades, as inúmeras extensões criadas pelo usuário facilitam sua vida sem danificar o computador.

Claro, nem todas as toolbars causam esses malefícios: a barra de ferramentas da Google é conceituada e está mais completa a cada versão. Mesmo assim, por uma questão estética e prática, aconselha-se evitar qualquer tipo de item similar e aproveitar sua navegação da maneira mais segura possível.

Cupons de desconto TecMundo: