Mesmo em época de crise e com orçamentos mais apertados, muitos não querem abrir mão do conforto de sua TV paga e internet banda larga. Cada vez mais essenciais à nossa rotina, o jeito é pesquisar o plano mais acessível, que atenda às necessidades e preferências.

Para ajudar na difícil missão de encontrar o melhor custo-benefício, o Melhor Escolha, site que compara operadoras de celular, TV por assinatura e internet - e permite poupar até 43% -, elaborou cinco dicas.

1. O que você realmente precisa?

Na hora de escolher o melhor plano, é preciso adequá-lo às suas necessidades. Se você é uma pessoa que depende da internet para acessar vídeos, o ideal é investir em um pacote com mais velocidade e dados – por exemplo, com 10 mega. Já na hora de analisar a melhor operadora de TV a cabo, evite avaliar somente pela quantidade de canais, pois o número total geralmente inclui dezenas de canais de áudio, além dos em alta definição, que são duplicados.

2. De olho nas limitações

Muitos pacotes de internet e TV a cabo vêm com algumas limitações que precisam ser percebidas antes de se fechar o negócio. Exemplo disso são algumas operadoras que oferecem determinado preço para os primeiros meses e depois aumentam. “O consumidor também deve atentar aos planos de internet banda larga que possuem franquia de dados limitada. Quanto ela acaba, a velocidade de navegação é reduzida drasticamente”, afirma Jonas Justo, fundador do Melhor Escolha.

3. Gastos extras

Alguns gastos adicionais podem acabar surgindo quando um plano é fechado. Um deles é a taxa de adesão, que muitas vezes não é mostrada de maneira clara. Também são gastos a mais os pontos de TV e o roteador de internet. “Hoje é possível comprar um roteador por um preço acessível, e você mesmo pode fazer seu Wi-Fi, já que alguns planos não vêm com essa opção”, aconselha Justo.

4. Combos valem mesmo a pena?

Famosos em algumas operadoras, os combos proporcionam economia, mas sempre é interessante pesquisar também pelos produtos individualmente, recomenda Jonas. “O desconto ao fechar um combo de TV a cabo, internet banda larga e telefonia fixa é de, em média, R$ 50 por mês. Não é raro encontrar um custo-benefício melhor ao pesquisar por produtos individualmente em diversas operadoras”, explica o especialista.

5. Descubra os melhores planos oferecidos na sua região

Após 12 meses de contrato, é recomendável verificar o que está sendo oferecido pelo mercado. “Depois desse tempo, é provável que já existam melhores condições que a sua atual”, explica Jonas. Ainda segundo ele, há planos diferentes para cada região. “A maneira mais eficaz de se fazer isso é o usar o Melhor Escolha, que lista as melhores opções de acordo com a localização”, completa.

Ao consultar o Melhor Escolha, o consumidor poupa não só dinheiro, mas também tempo, já que todo esse processo de encontrar o melhor plano demanda dedicação. Um dos casos de quem teve sucesso ao utilizar o site é o de Fernando Carrilho. “Pesquisando, consegui encontrar um plano de internet banda larga com o dobro de velocidade pelo mesmo preço. A página trouxe todas as informações que precisava de modo claro”, conta ele.

Via assessoria

Cupons de desconto TecMundo: