Na manhã de hoje, a empresa chinesa Baidu anunciou a aquisição do site de compras coletivas Peixe Urbano. O valor da transação não foi revelado, mas para quem ficou surpreso com a investida da empresa oriental por aqui, é bom ficar de olho pois esse é apenas o início de uma série de investimentos que devem ser feitos por aqui ao longo dos próximos meses.

De acordo com Yan Din, diretor geral do Baidu no Brasil, a escolha do Peixe Urbano tem um caráter estratégico para a companhia. “Pretendemos manter a marca e ampliar a oferta de serviços e ferramentas ao longo dos próximos meses”, explicou o executivo, que destacou que a empresa mantém um serviço similar na China.

“Nossa companhia investe hoje cerca de 14% do seu lucro em pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias. Esse percentual é maior do que a média praticada pelas grandes empresas do mercado (em média, elas destinam 10%) e, por conta disso, temos plena certeza que podemos agregar muito valor ao serviço com novas ferramentas e um foco maior em dispositivos móveis”, explicou.

O investimento do Baidu no Brasil é parte de uma estratégia de expansão em território nacional. Em um acordo firmado recentemente com a presidente Dilma Rousseff, a companhia se comprometeu a investir cerca de R$ 120 milhões no país ao longo dos próximos três anos.

Peixe Urbano continua crescendo

Quando os sites de compras coletivas surgiram no Brasil, logo se tornaram uma febre e o mercado foi infestado por um grande número de empresas. Em um determinado momento, mais de 2 mil sites disputavam os consumidores com propostas como essas. O tempo passou e poucos sobreviveram.

“Hoje os sites que atuam no mercado são mais estáveis e rentáveis, além de oferecerem uma melhor experiência para o usuário”, explica Julio Vasconcellos, presidente-executivo do Peixe Urbano. Por conta disso, ele vê como fundamental o investimento do Baidu no site – a empresa chinesa agora é acionista majoritária –, para que o Peixe Urbano se torne líder absoluto no segmento.

Ele destacou ainda que nos últimos 12 meses o site apresentou um crescimento significativo. A companhia, que hoje está avaliada em R$ 180 milhões, tem atualmente 280 funcionários e conta 20 milhões de usuários cadastrados.

Cupons de desconto TecMundo: