Talvez você não saiba, mas a Dark Web existe. Para melhor entendimento, pense que a Dark Web seja uma parte mais profunda e menos acessada dentro da Deep Web — e se você também não tem muito conhecimento sobre isso, acesse aqui, pois vamos explicar tudo isso.

Ao pensarmos sobre o que acontece no mercado negro da internet, pensamos instantaneamente em drogas diversas, armas, documentos e até assassinos de aluguel. Porém, os seus dados também valem uma grana por lá — desde informações bancárias até senhas pessoais para sites específicos e redes sociais.

Para entendermos melhor como isso funciona, a McAfee, empresa de segurança na internet, publicou um relatório chamado "The Hidden Data Economy" (algo como "A Economia dos Dados Escondidos").

Veja abaixo alguns pontos levantados sobre as compras no mercado negro:

  • Preço médio por dados de cartão de crédito e débito: US$ 5 até US$ 30 (R$ 116) nos EUA, US$ 25 até US$ 45 (R$ 175) na Europa 
  • Credenciais para cartão com saldo bancário de US$ 2,2 mil (R$ 8,8 mil): US$ 190 (R$ 739)
  • Credenciais para cartão com saldo bancário entre US$ 1,2 mil até US$ 20 mil (com transações secretas nos EUA): entre US$ 500 e US$ 6 mil
  • Credenciais para cartão com saldo bancário entre US$ 900 e US$ 16 mil (com transações secretas no Reino Unido): de US$ 700 até US$ 10 mil
  • Credenciais para pagamento em serviço online com saldo bancário entre US$ 5 mil e US$ 8 mil: de US$ 200 até US$ 300

Estes cartões vendidos na Dark Web oferecem detalhes como número do cartão, nome completo do dono, endereço de cobrança, data de vencimento, número PIN, Social Security number (semelhante ao CPF aqui no Brasil), nomes de familiares do dono do cartão e data de nascimento.

Entretenimento como moeda

Não é apenas a venda de cartões de crédito que movimenta a Dark Web, segundo a McAfee. Contas de serviços como o Netflix também são vendidas, ao lado de canais pagos, estações esportivas de streaming etc. Como exemplo, contas no HBO NOW e HBO GO podem ser encontradas por menos de US$ 10 (R$ 38).

Como notou o BGR, isso tudo é muito assustador. Contudo, pode se tornar muito mais. Na imagem abaixo, você vê como um comprador de cartão de crédito (ou simples dados) recebe as informações da vítima. Ela possui basicamente todas as credenciais e os acessos para outra vida digital.

Se você ficou interessado, o relato completo pode ser acessado aqui.

Você já conhecia a "Dark Web"? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: